Diretoria da Aneel aprova incorporação da Elektro pela Neoenergia

A transação foi aprovada por unanimidade entre os diretores da agência, que estabeleceram prazo de 120 dias para a implementação efetiva da incorporação

A diretoria colegiada da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta segunda-feira a incorporação da Elektro pela Neoenergia, que passará a ter como acionista majoritário o grupo espanhol Iberdrola, uma operação anunciada pelas duas elétricas no início de junho.

A transação foi aprovada por unanimidade entre os diretores da agência, que estabeleceram prazo de 120 dias para a implementação efetiva da incorporação.

A Reuters publicou em 26 de julho que a área técnica do órgão regulador já havia dado aval ao negócio entre as empresas, que aguardava apenas deliberação pela diretoria colegiada.

Em meados de julho, a Reuters informou que a Neoenergia, que será a maior companhia elétrica integrada do Brasil após a incorporação da Elektro, está trabalhando em uma dupla oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) em São Paulo e Nova York, que poderá atribuir valor de pelo menos 35 bilhões de reais à empresa, segundo fontes com conhecimento direto do assunto.