Venda de imóveis: o que pode ser feito para acelerar o processo

A economia do Brasil está em um período de recuperação. Em diversos setores do mercado, os números e, principalmente, o sentimento de otimismo acompanhado dos investimentos e da volta do poder de compra, começam a apresentar resultados positivos. No mercado imobiliário, os especialistas apontam que este é um momento favorável para a compra de imóveis: as taxas de juros para os financiamentos foram reduzidas pelos bancos em reação à redução da taxa Selic, que serve de termômetro para o mercado.

Diante desse quadro, a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) constatou um aumento de 23,3% no número de lançamentos de imóveis novos nos últimos 12 meses. As vendas, entretanto, cresceram, mas não acompanharam os mesmos números e subiram em torno de 8%. Com uma maior oferta de imóveis no mercado, a tendência é que os preços caiam ou, pelo menos, se mantenham estáveis.

A dificuldade, contudo, para muitos proprietários está em vender imóveis que não são novos. Uma pesquisa também realizada pela Abrainc mostrou que o tempo médio de espera para vender uma casa ou apartamento ultrapassou um recorde histórico: 1 ano e 4 meses, o maior tempo de espera já registrado. Para evitar que os imóveis à venda fiquem parados e gerando mais despesas, algumas estratégias precisam ser repensadas.

1) Atenção ao visual e aos reparos necessários

Parece óbvio, mas muitos proprietários negligenciam esse aspecto básico para a venda de um imóvel. Mesmo um pequeno reparo a ser feito, como o conserto de um vazamento ou a troca de um piso rachado, pode interferir na tomada de decisão de um possível comprador por entrar na lista de pendências do imóvel. O ideal é manter a conservação impecável para que o futuro proprietário possa perceber que o imóvel em questão está pronto para ser adquirido, sem nenhuma tarefa extra.

2) Quem não é visto, não é lembrado

O ditado clássico da propaganda também se aplica ao setor imobiliário. É cada vez maior o número de pessoas que limitam suas buscas por um imóvel às ferramentas de pesquisa da internet ou a sites especializados. Quem deseja vender um imóvel precisa estar presente no maior número de plataformas possível, para que a casa ou o apartamento esteja de fato disponível e ao alcance dos potenciais compradores. Atualmente, há diversas plataformas gratuitas para isso e, mesmo as que requerem algum investimento, geralmente oferecem um retorno bastante positivo.

3) Saiba estipular o valor do seu imóvel

Muitos proprietários pecam na hora de precificar suas propriedades, seja por uma ambição desproporcional ou simplesmente por desconhecimento em relação à realidade do mercado. A forma mais segura e garantida de estipular um valor justo e apropriado é através da avaliação realizada por um perito profissional.

“Um perito avaliador realiza seu trabalho de acordo com as normas das instituições que regulamentam o setor. A precificação, nesse caso, é feita de maneira justa e imparcial, possibilitando uma negociação equilibrada tanto para quem vende quanto para quem compra”, explica Evandro Correia Silva, sócio da Nero Perícias (www.neropericias.com.br), uma empresa especializada em diversas modalidades de perícias, inclusive a avaliação imobiliária.

Uma precificação realista permite que o proprietário de um imóvel negocie com mais clareza a sua margem de lucro e, quanto mais clara for a negociação, maiores as probabilidades de que ela seja concluída de maneira satisfatória. A avaliação do imóvel realizada por um perito oferece, portanto, maiores garantias para o fechamento de um bom negócio.

4) Busque ajuda profissional

Ninguém espera que o proprietário de um imóvel tenha pleno conhecimento sobre o mercado imobiliário, ou que domine técnicas de venda e abordagem dos compradores. Para isso existem corretores e outros profissionais devidamente habilitados nas imobiliárias. Embora as negociações mediadas por esses profissionais demandem um investimento ou uma porcentagem dos ganhos, as vendas nessa modalidade tendem a acontecer com mais velocidade, porque são realizadas por pessoas que lidam com toda a burocracia do setor imobiliário diariamente.

Conheça a Nero Perícias

A Nero Perícias reúne uma equipe de profissionais altamente capacitados e certificados para realizar avaliação de imóveis urbanos e rurais, perícia grafotécnica e de falsidade documental, tanto em âmbito judicial quanto extrajudicial. Com unidades em São Paulo e São José do Rio Preto, seus serviços estão disponíveis para qualquer região do Brasil. Para mais informações, acesse www.neropericias.com.br.

Website: http://www.neropericias.com.br