Startup brasileira inicia expansão na América Latina através do programa Start-Up Chile

Selecionado entre mais de 2400 inscritos do mundo todo, o SocialCondo está de malas prontas para participar da turma 15 do Start-Up Chile, precursor do Start-Up Brasil. O programa do governo chileno, criado há quatro anos, tem como objetivo transformar o futuro do país através de startups. A startup gaúcha já está transformando a forma como os problemas de condomínio são resolvidos no Brasil inteiro, e agora vai levar seu aplicativo para fazer parte desta transformação que o Chile busca.

Quem mora em condomínio sabe quantas preocupações diárias podem surgir. Reservas de salões, autorizações na portaria, garantia de comunicação eficiente entre moradores e síndico e serviços de qualidade são algumas das atividades que, depois da criação do aplicativo que visa tornar a vida dos condôminos ainda melhor, tornaram-se facilitadas e ágeis.

O SocialCondo garante comodidade e diversos benefícios a milhares de pessoas diariamente. A startup fez parte da turma 3 do Start-Up Brasil e terminou o ciclo com apresentações no Demo Day, entre as 10 empresas de destaque do grupo. Com sede em Porto Alegre, a empresa já conquistou clientes pro todo o país – do Rio Grande do Sul ao nordeste – e agora se prepara para uma nova experiência.

“Apesar da tecnologia estar cada vez mais presente em nosso dia a dia, seja no trabalho ou na rua, a realidade em condomínios ainda é diferente, com muitos processos arcaicos e trabalho manual, desperdiçando tempo e dinheiro. Da mesma forma que estamos ajudando síndicos e moradores no Brasil, agora vamos levar essa facilidade para o Chile também”, afirma Marcos Eich, co-fundador e representante da startup no Chile.

Os 97 empreendedores aprovados no programa, de áreas como TI, educação e saúde, serão ambientados no país e receberão, além do visto de permanência, um capital para acelerarem o crescimento de suas empresas. O Start-Up Chile tem início em fevereiro de 2016 e duração de seis meses. O programa concede uma subvenção de até 90% do custo do projeto, um investimento de cerca de 20 milhões de pesos chilenos (equivalente a mais ou menos R$ 100 mil) para cada startup participante.

Mais informações no site oficial do programa: http://www.startupchile.org/blog/meet-start-up-chile-15th-generation-get-ready-for-a-lifetime-experience-in-chile/.
Website: https://www.socialcondo.com.br/