Segurança patrimonial requer estratégia personalizada

Com a expectativa de crescer 10% no próximo ano, o mercado de segurança no Brasil está otimista em relação aos negócios em 2018. Dados do 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, produzido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, apontam que em 2016 os aportes na área – considerando-se aplicações do governo federal, dos estados e dos municípios – atingiram R$ 81,2 bilhões. Ainda segundo o levantamento, o estado de São Paulo responde pelos maiores orçamentos de segurança pública do País, com mais de R$ 20 bilhões anuais, em áreas como policiamento, defesa civil, informação e inteligência. O estado tem também a maior força policial do Brasil e uma das maiores do mundo, com um efetivo de mais de 138 mil policiais militares e civis.

Como reflexo disso, o setor é um dos principais empregadores do Brasil. O contingente compõe parcela expressiva dos profissionais que atuam no segmento de segurança. Os dados da Fenavist mais recentes, apontam que em julho de 2018 havia 502.595 profissionais atuando com vigilância e segurança privada em todo o País.

Outras áreas também têm boas perspectivas de crescimento, como por exemplo a segurança digital. De acordo com um estudo do banco suíço Julius Baer, os investimentos em cibersegurança devem crescer, pelo menos, 7,5% ao ano até 2020.

Para atender a esta demanda cada vez maior e mais exigente, o Grupo Prosegur, empresa líder do segmento no Brasil e única do setor presente em todo território nacional, atua na área de segurança privada com uma empresa específica: trata-se da SEGURPRO, que chegou ao mercado brasileiro em 2018 oferecendo um novo conceito que mescla consultoria e tecnologia de ponta para oferecer as melhores e mais customizadas soluções de segurança privada aos clientes. A companhia iniciou as operações com 27 filiais no território nacional, sendo 13 delas novas unidades, e um efetivo de 30 mil colaboradores.

Segundo Bruno Jouan, diretor da SEGURPRO, a criação da empresa reforça a estratégia de oferecer um novo conceito em segurança privada, baseado em consultoria e tecnologia que permitam desenhar soluções integradas de segurança específicas para cada um dos mais de dois mil clientes. “A concepção da SEGURPRO está totalmente ligada ao novo serviço de segurança que queremos oferecer. Assim, a companhia nasce com a inovação em seu DNA e com o objetivo de investir cada vez mais em tecnologia para ter um amplo portfólio de serviços e diferentes possibilidades de customização”, explica Jouan.

O executivo ressalta que a informalidade no segmento é um dos fatores mais prejudiciais à segurança de empresas. É preciso que o contratante esteja atento à idoneidade e solidez do fornecedor. Algumas ofertas que pareçam muito atraentes do ponto de vista do preço podem não oferecer efetividade e melhores práticas para cada situação e perfil. “Há muita clandestinidade nessa área, sem contar a possibilidade do próprio cliente adquirir aparelhagem e contratar pessoal sem ter o conhecimento técnico para estabelecer um sistema de proteção. Mais importante que a tecnologia é o conceito por trás de cada ferramenta e solução; por isso consideramos que o ideal é contar com uma consultoria de serviços especializada no segmento, de preferência filiada às entidades que regulam e controlam o setor, como às ligadas à Fenavist ou ao Sindesp”, acrescenta Jouan.

É este conceito que alicerça o diferencial da SEGURPRO. A empresa estuda as características de cada cliente e oferece um pacote de serviços totalmente personalizados a partir da meticulosa análise de risco das instalações e bens a serem protegidos, o que permite, inclusive, a otimização de recursos e aplicação mais inteligente do investimento. Com base nessa diretriz, a SEGURPRO é capaz de fornecer soluções completas para empresas, instituições financeiras, indústria e eventos.

A SEGURPRO é a única empresa em nível nacional que pode oferecer um serviço integrado de segurança a seus clientes. Com uma equipe especializada em vigilância patrimonial capacitada de acordo com a necessidade de cada cliente aliada à tecnologia de ponta – que utiliza sistemas inteligentes de segurança capazes de antecipar situações de risco e resolver incidências com mais agilidade – a empresa entrega uma solução completa que inclui serviços de consultoria que faz a análise de vulnerabilidade de cada situação e propõe o uso adequado dos recursos, buscando a otimização de custos para o cliente. A empresa também oferece serviços inteligentes de análise de imagens monitoradas, ideal para ambientes com grande circulação de pessoas, como lojas do varejo, eventos e estações de metrôs, que podem ser controlados remotamente pela central de monitoramento do cliente ou pelo centro de controle da SEGURPRO. A tecnologia dos drones também é aplicada à área da segurança. Por meio de aeronaves profissionais e com autonomia que varia entre três e seis horas, a empresa utiliza o equipamento em três principais formatos – outdoor – para grandes superfícies e/ou eventos, indoor – que pode ser utilizado em rotinas de rondas internas e anti-invasão. Neste último, drones espiões podem ser detectados e desviados de uma área monitorada em caso de tentativa de invasão.

“O monitoramento inteligente merece destaque especial e mostra como a inteligência artificial é uma ferramenta importante a ser utilizada no nosso negócio. Podemos fazer uso de uma série de aparelhos para a vigilância patrimonial, como câmeras inteligentes ou mesmo segurança com drones. Já temos disponíveis softwares que não só registram, mas também analisam as imagens captadas pelas câmeras e montam um banco de dados da rotina naquele local. Assim que um comportamento anormal é observado nos vídeos, como pessoas correndo, uma multidão em um horário no qual o ambiente normalmente estaria mais vazio e outras situações ‘fora da curva’, um alerta é acionado”, explica Jouan.

Mas toda essa tecnologia não funciona sozinha. Por isso é tão importante capacitar e treinar continuamente os profissionais que atuam em conjunto com ela. E nesse quesito a SEGURPRO sai na frente de novo. Recentemente, a companhia conquistou o primeiro lugar na categoria ‘Segurança Patrimonial’, na 21ª edição do Prêmio Top of Mind de RH, pelo 2º ano consecutivo. A companhia já comemorou esta conquista outros 5 anos.

“É muito gratificante receber essa premiação, pois reforça que as ações e projetos desenvolvidos pela companhia estão gerando resultados positivos para o negócio. Temos como foco oferecer sempre os melhores serviços para os nossos clientes e o maior desenvolvimento para os nossos colaboradores”, afirma Bruno Jouan, diretor da SegurPro.

O executivo lembra ainda que a nova SEGURPRO é uma empresa independente, com investimento e estratégia própria. “Fazemos parte do grupo, mas estamos 100% focados no mercado de segurança. Com a nova companhia, cresceremos em setores em que já atuamos, consolidando a nossa presença, e buscaremos clientes em novas áreas de negócio”, afirma Jouan.

A SEGURPRO reflete a transformação e o novo rumo que a companhia pretende seguir, aliando a expertise do Grupo Prosegur a uma marca especializada em segurança.

O Grupo Prosegur é referência global no setor de segurança privada. Por meio de suas três linhas de negócios – Soluções Integradas de Segurança, Logística de Valores e Gestão de Numerário e Alarmes – oferece a clientes corporativos e residenciais segurança confiável baseada nas soluções mais avançadas do mercado. Presente nos cinco continentes, a Prosegur conta atualmente com uma equipe de cerca de 175.000 funcionários. A companhia canaliza suas ações sociais por meio da Fundação Prosegur que, com mais de 39.900 beneficiados em 2017, atua em quatro áreas: educação, inclusão de pessoas com deficiência intelectual no mercado de trabalho, voluntariado corporativo e fomento à cultura.

Acesse: www.segurpro.com.br

Website: https://www.segurpro.com.br/