Salvador conta com a primeira escola móvel de idiomas do país

Salvador está entre as dez cidades que mais geraram empregos formais em 2018, segundo informações divulgadas pelo Ministério do Trabalho.O dado é resultado do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). De acordo com os dados da pesquisa, a capital baiana ficou em nono lugar, com 6.033 mil novos empregos.A cidade que mais gerou oportunidades de trabalho foi São Paulo, com um total de 58.357 mil novos empregos, seguida de Belo Horizonte (29.330 mil) e Brasília (16.937 mil).Ainda conforme os resultados do estudo, a maioria das oportunidades criadas na capital baiana pertence ao setor de serviços, que liderou o ranking em todo o país.

Foi pensando no crescimento da demanda por serviços, em especial por aulas particulares de inglês,  que Augusto Rodrigues decidiu iniciar as atividades como franqueado de uma escola de idiomas. Com o diferencial de escola móvel, ou seja, a escola vai até o aluno, esse modelo de negócios tem atraído cada vez mais empreendedores na área.Com o início do ano letivo e a “promessa” de começar algo novo na virada do ano, Augusto Rodrigues percebeu que Salvador seria o local ideal para ter a primeira escola móvel de idiomas.

“Não necessito de um ponto comercial , o que facilita no controle das despesas e aumentam os meus lucros”, diz Augusto.”Apostamos no público de empresas de Salvador, que pretende otimizar as horas no escritório tendo aulas já no início do dia”,explica Augusto.

A franquia , que é disponibilizada em uma mala, pode ser implementada em um espaço em casa, (home-based) ou ser levada até o local das aulas : no trabalho ou residência do aluno e também por Skype ou cafés da cidade.”Acreditamos que a praticidade de levar uma miniestrutura até o aluno facilita a gestão da franquia sem perder a qualidade da aula”, explica Mariza Gottdank, fundadora da marca Dank Idiomas. “Oferecemos em uma mala tudo o que o professor precisa para iniciar suas atividades com profissionalismo: desde uma simples caneta até modernos programas de pronúncia para que o aluno desenvolva a fluência e pronúncia no idioma escolhido”

Com o reaquecimento da economia e a volta às aulas, a fundadora da marca Dank pretende levar o conceito de escola móvel para o resto do país. “Acabamos de inaugurar mais uma unidade no Espirito Santo e pretendemos expandir rápido por todo o país”, diz Gottdank.

Empreendedores de todo o país apostam nas franquias de serviços e no modelo de negócios mais enxutos. Porém, no setor de idiomas, alguns pré-requisitos são necessários:”Para ser um franqueado da escola móvel, o candidato precisa ter espírito empreendedor, domínio no idioma (se for ele o principal professor) e paixão por ensinar”, explica a fundadora.

 

 

 

 

 

 

Website: https://dankidiomas.com.br/seja-um-franqueado/