Projeções mostram que 2019 será o ano do empreendedor

O ano de 2018 pode não ter sido muito bom para os pequenos negócios, mas as apostas são que este ano esse cenário seja bem mais positivo. Segundo pesquisa “Expectativa para a economia e para a empresa“, realizada pelo Sebrae, 30% dos micro e pequenos empresários sentiram que a corrupção prejudicou suas empresas no último ano. Muitos dos entrevistados (46%) até apontaram que 2018 foi o pior ano para os negócios. Mas as apostas são altas; 67% dos empreendedores estão bem otimistas, e acreditam que 2019 será melhor.

Com isso, o desejo de fazer uma mudança na rotina e conquistar a tão sonhada independência financeira faz com que muitas pessoas apostem no empreendedorismo. Porém, o desejo de abrir uma empresa também vem acompanhado, muitas vezes, de incertezas na hora de decidir qual negócio montar.

Existem diversas opções para quem enxerga esse cenário empreendedor neste ano. Algumas opções de negócios surgiram e se mostram como tendências a crescer ainda mais. A empresa Abertura Simples listou algumas das atividades que prometem balançar o mercado para aqueles que buscam lucrar em 2019.

Tendências de negócios para 2019

A vida saudável continua em alta neste ano, e por isso o empreendedor pode ficar de olho em alimentos e serviços ligados a esse estilo de vida voltado à saúde e bem-estar. Nos últimos dois anos, esse setor movimentou cerca de 300 bilhões de reais (dados do SEBRAE). São muitas as ofertas já existentes no mercado, por isso é importante encontrar alguma aposta para conseguir se diferenciar. Algumas das opções para quem deseja apostar nesse setor são os alimentos, as academias, acessórios fitness e até mesmo consultorias para uma vida mais saudável.

Outro setor que cresce cada vez mais, e que não poderia ser diferente, é o de alimentos e bebidas. Quando falamos em alimentação, alguns ramos que 2019 promete sucesso são os alimentos orgânicos, a culinária vegetariana/vegana e também as cervejarias artesanais. Os clássicos também não ficam para trás, logo os bares, restaurantes, lanchonetes e outros negócios associados também prometem bons lucros para quem quer empreender este ano.

Os pets estão fazendo cada vez mais parte da vida social das pessoas, e é bom o empreendedor enxergar isso como uma oportunidade e também tendência para 2019 e os próximos anos que estão por vir. Os serviços de adestramento, venda de produtos para pets, áreas de lazer e outros serviços serão ainda mais fortes.

A sustentabilidade nunca esteve tanto em pauta como atualmente. As mudanças climáticas mudaram também o comportamento do consumidor, e as pessoas estão menos interessadas em adquirir produtos descontroladamente. Pelo contrário, cada vez mais as pessoas estão optando pelo compartilhamento de produtos e serviços. Isso se mostra de diversas formas, e muitas empresas estão surgindo com esse novo modelo econômico, como a Uber e 99 (transporte compartilhado), o Airbnb (estadia compartilhada) e também os escritórios compartilhados, chamados coworkings.

O setor tecnológico foi um dos menos afetados pela crise, e com maior potencial de lucro para 2019. As altas são o desenvolvimento de softwares, criação de aplicativos, soluções de gestão e também as startups – empresas de inovação tecnológica com crescimento acelerado.

O marketing digital também segue em alta e o empreendedor não pode perder a oportunidade de explorar a internets para divulgar seu negócio. Para o empreendedor que deseja ter sucesso em 2019, é essencial ter uma presença forte nas redes sociais, assim como um bom planejamento de marketing digital. É necessário explorar formas de se destacar no ambiente virtual, visto que a maioria das empresas já estão investindo a tempos.

Como começar a empreender em 2019?

Ainda existem alguns desafios que envolvem o início de um negócio. Segundo Danilo Max, CMO do Abertura Simples, para começar uma empresa é necessário, em primeiro lugar, ter bem clara a ideia de negócio que se pretende abrir. “Empreender exige paixão pelo negócio, mas também pé no chão”, afirma. Por isso, investir em algo que já se tenha familiaridade é importante, mas ao mesmo tempo que seja lucrativo. Do contrário, a falência poderá ser uma terrível consequência, afirma.

Danilo conta também que é muito importante manter um plano de negócios e de marketing bem desenvolvido para que a empresa tenha sucesso. Ele comenta: “tudo exige planejamento, inclusive uma empresa, por isso o empreendedor deve saber quem são seus clientes, sua concorrência e conhecer profundamente sobre seu próprio negócio”.

Validar a ideia e descobrir se o negócio é, de fato, viável também é uma etapa importante, segundo o diretor. Ele diz ainda que a opinião do cliente pode ser bem diferente do que o empreendedor imagina, por isso muitas vezes o projeto muda e é ajustado de acordo com as necessidades.

Por fim, a última dica que ele dá para os futuros empreendedores é que eles não se esqueçam da regularização da empresa. “Muitos acabam atuando na ilegalidade por medo das burocracias, mas é importante que a empresa esteja legal para passar segurança tanto para si mesmo quanto para o cliente”.

Website: https://aberturasimples.com.br/abrir-empresa/