Para se consolidar no mercado, marca registrada é fundamental

A vigilância pela marca de uma empresa deve ser constante e não somente na abertura do negócio. Empresas com anos de mercado cuidam e protegem o seu nome e de seus produtos, pois é a sua assinatura no mercado. Essa preocupação é confirmada nos dados divulgados pelo INPI- Instituto Nacional da Propriedade Industrial, o número de registros de marcas aumentou 55,5% em 2018. Já os pedidos de marca cresceram cerca de 10% no mesmo período.

Mesmo com mais de 30 anos no mercado, a Real H – Nutrição e Saúde Animal, zela por sua marca. A Diretora Administrativa Financeira e sócia-proprietária da Real H, Cláudia Maria Real Leite, explica a importância de ter todos os nomes da empresa registrados.

“Há muitos anos temos a assessoria da Remat Marcas & Patentes aqui no Brasil e também no exterior, pois exportamos produtos e precisamos desse auxílio. O mercado é muito competitivo e atuamos em um segmento que utiliza nomes muito similares e por isso, ter todos os registros legalizados ajudou a Real H crescer e ter uma assinatura sólida e de respeito no mercado”.

Grandes empresas consideram suas marcas como parte do patrimônio, em alguns casos como marcas de bancos e bebidas, elas valem bilhões. Em empresas com linhas de produtos, o monitoramento de marca precisa ser mais cuidadoso, pois é preciso verificar a disponibilidade de nomes, como ocorre na Real H. “Todo esse cuidado evita problemas no mercado, essas orientações trazem segurança. Ter uma assessoria na área possibilita atuar de maneira mais eficiente e segura no que se refere à solidificação da nossa marca e nomes dos produtos no mercado”, complementa.

Segundo o especialista Gian Crivellente, sócio-proprietário da Remat Marcas & Patentes, empresa com mais de 34 anos de experiência, muitas empresas enfrentam problemas de uso indevido de seu nome “Quando temos a Assessoria adequada com relação aos registros, seja de marcas, patentes, direitos autorais ou softwares, minimizamos as probabilidades de problemas quanto sua proteção, a falta do mesmo sempre terá um caminho oneroso e prejudicial a empresa”, explica.

Não há dúvidas que independentemente do tamanho do negócio, é primordial zelar pelo nome e garantir o uso exclusivo dele, isso faz toda a diferença quando a empresa decidir crescer ou lançar novos produtos.

“O valor gasto no processo de registro é ínfimo em relação ao investimento que é feito na criação de logo, impressão de papelaria, confecção de fachada, uniformes, mídia e etc.”, finaliza o especialista ao reforçar que o registro da marca deve fazer parte do planejamento de abertura de qualquer empresa independente de seu tamanho e atuação.

Website: http://www.rematmarcas.com.br