O que esperar da Black Friday 2017

Em menos de um mês acontece a data mais importante do varejo: a Black Friday. O dia dos descontos imperdíveis já faz parte da vida dos brasileiros: de acordo com a pesquisa realizada pela Google “Thanks God It’s Black Friday 2017”, 71% dos entrevistados, afirmam já terem comprado algo na Black Friday, e a participação do público aumenta a cada ano.

E como, afinal, surgiu essa data? Duas principais teorias circulam pela internet sobre a origem dessa data tão expressiva para o comércio, porém ninguém sabe afirmar com exatidão porque utilizamos essa expressão.

Uma das histórias diz que a expressão “Sexta-feira Negra” (Black Friday) nasceu no final do século XIX, após duas instituições financeiras fracassarem em um projeto que visava grandes lucros, justamente numa sexta-feira.

E a segunda teoria é que o nome é ligado aos pequenos comércios. No início dos anos 80, foi criada uma tradição que utilizava a cor vermelha para se referir aos valores negativos e a cor preta aos números positivos do varejo. O período negativo era considerado de janeiro a novembro e o lucro (período positivo) acontecia após o Dia de Ação de Graças e permanecia até o fim do ano. Anos depois, a palavra “negra” foi associada a esse período de maior faturamento, se tornando logo a conhecida Black Friday.

De acordo com o site oficial da Black Friday, a “Sexta-feira Negra” chegou no Brasil em 2011, e não há dúvidas que a cada ano a data tem crescimento substancial.

Black Friday 2017

A Google Brasil divulgou que a expectativa de crescimento das vendas para este ano é entre 15% e 20% em relação ao ano passado, resultando na injeção de aproximadamente R$ 2,2 bilhões na economia – compras realizadas somente pela internet. Muitos consumidores aproveitam os descontos para anteciparem as compras de natal e garantirem os presentes com os melhores preços, como já era de conhecimento geral. Porém, 33% dos entrevistados dizem que utilizam a data para comprar algo que almejam por muito tempo, 25% utilizam a data como abastecimento e 17% compram por impulso.
Para este ano, 68% dos entrevistados pela Google declararam sua intenção de fazer compras na próxima Black Friday, contra 61% em 2016.

A média de tempo de pesquisa sobre os itens desejados é de 16 dias antes da data. A maioria das compras acontece na dita “Sexta-feira Negra”, porém muitas lojas começam a praticar os descontos ainda na quinta-feira e prologam durante o final de semana. Algumas lojas trabalham com o black november, atuando com descontos durante todo o mês. Ano passado, segundo a pesquisa Thanks God It’s Black Friday 2017, 79% das pessoas afirmam ter comprado na própria sexta-feira, enquanto 21% compraram na quinta-feira ou no final de semana.

O aumento de lojas participantes também chama atenção. No ano de 2012, 100 lojas de e-commerce e 22 mil lojas físicas participaram da Black Friday. Já em 2016, o número cresceu mais de 10 vezes no digital, com mais de mil e-commerces participantes, além de mais de 43 mil lojas físicas.

Em 2016, as categorias mais buscadas, segundo o site BlackFriday.com.br foram as seguintes:

1º Eletrodomésticos___________22%
2º Eletrônicos_______________20%
3º Viagens_________________14%
4º Moda____________________14%
5º Informática_______________9%
6º Casa e Decoração__________5%

As grandes categorias continuam fortes na data, porém a Black Friday está se diversificando e a variedade de produtos comprados vem crescendo.

Uma dica para aproveitar os descontos da Black Friday é a loja virtual especializada em presentes criativos e diferentes TrazpraCa.com. Todos os anos a marca oferece descontos de até 70% nesta data, além de frete grátis nas compras acima de R$ 200,00. A loja se enquadra principalmente na categoria de casa e decoração, porém ainda com artigos mais inusitados e divertidos, seguindo a tendência da data por produtos mais variados. O e-commerce oferece itens como o relógio de madeira quadrado , a luminária vagalume , o mapa múndi raspadinha , a caneca game , o caneteiro flores , entre outros.

Para mais informações, acesse: http://www.trazpraca.com.br/