Novas regras da ANAC entram em vigor nesta terça-feira

A nova regra da Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC está trazendo grandes mudanças que já está impactando a vida dos viajantes. Uma das regras veio para mudar algo que sempre foi reclamado – Qual o verdadeiro preço da passagem? – onde no Conecta Voos o valor final da passagem aérea (passagem + taxas) sempre está presente no início da pesquisa, agora com a nova regra da ANAC, isso será obrigatório para todas as empresas.

Outra polêmica é a mudança na bagagem, tanto na de mão quanto na despachada, gerando possibilidade de novas cobranças das companhias. Abaixo iremos mostrar como era antes da nova mudança e como será a partir desta terça feira (14/03/2017).

Bagagem de Mão

Como era

Não importa a companhia aérea, pode ser levado até 5kg de bagagem de mão.

O que entra em vigor

As companhias estão livres para estabelecer o peso máximo da bagagem de mão, desde que respeitando o mínimo de 10kg.

Bagagem despachada

Como era

Voos Nacionais – uma mala até 23kg
Voos internacionais – duas malas até 23kg cada.

O que entra em vigor

As companhias aéreas estão livres para taxar a bagagem despachada. Isso é uma forma de “dar um desconto” para aqueles que não levam bagagem despachada. É muito importante agora, o viajante ficar de olho, pois haverá cobrança adicional dependendo de cada companhia.

Cancelamento de Bilhete – Reembolso

Como era

As companhias aéreas tinham até 30 dias para realizar o reembolso.

O que entra em vigor

Após a solicitação de cancelamento, as companhias aéreas terão até 7 dias para realizar o reembolso.

Valor da Passagem

Como era

Nem todas as empresa apresentavam na pesquisa da passagem o valor final a ser pago pelo viajante.

O que entra em vigor

Na hora da pesquisa, os preços das passagens aéreas já deverão constar no seu valor final as taxas e impostos.

Desistência da compra

Como era

Após realizar a compra, o viajante que cancelava sua passagem nem sempre tinha o valor integral ressarcido.

O que entra em vigor

O viajante terá até 24 horas para desistir de sua compra recebendo o valor integral pago, incluindo as taxas e impostos, desde que a compra seja para passagens adquiridas 7 dias antes do voo.

Para quem compra ida e volta

Como era

O viajante que comprou o voo de ida e volta juntos e não comparecia no voo de ida, tinha sua passagem de volta automaticamente cancelado.

O que entra em vigor

O viajante que comprar o voo de ida e volta juntos e não comparecer no voo de ida, terá sua passagem de volta garantida, porém é preciso avisa a desistência até o momento da decolagem do voo de ida.

Extravio da Bagagem

Como era

Tantos para voos nacionais quanto internacionais, as companhias tinham até 30 dias para encontrar a bagagem ou indenizar o viajante.

O que entra em vigor

Voos Nacionais – as companhias terão até 7 dias para devolver a bagagem ou indenizar o viajante caso ela não seja encontrada.
Voos Internacionais – as companhias terão até 21 dias para devolver a bagagem ou indenizar o viajante, caso ela não seja encontrada.

Estas são algumas das principais mudanças que entram em vigor a partir dessa terça feira (14/03/2017).

Website: http://www.conectavoos.com