Mesas com caixa de tomada, áreas de lazer e espaços para descanso: escritórios se reconfiguram para estimular a produtividade

A dinâmica de trabalho está mudando nas empresas. Individualmente, os colaboradores estão demandando mais autonomia para conduzir suas atividades. Hoje, é raro visualizar setores que ainda ficam isolados nas suas responsabilidades, como acontecia no passado. Cada vez mais as equipes são formadas por profissionais de diversas áreas e competências, que combinam suas habilidades a fim de potencializar os resultados de cada projeto.

Como reflexo disso, muitas organizações já começaram a reestruturar seu espaço físico para promover essa nova metodologia de trabalho.

O que está mudando o mercado

O principal fator ao qual pode ser creditada essa nova dinâmica é a entrada da Geração Z no mercado de trabalho. Apesar de jovem, esse grupo etário é composto de cerca de 2 bilhões de pessoas no mundo e, em breve, irá se tornar não só o maior público consumidor, como também o mais presente no mercado de trabalho.

Nascida entre meados dos anos 1990 e da década de 2010, a Geração Z se caracteriza por ser usuária nativa de tecnologias, ser proativa e apostar na união das diferenças para a colaboração. 

A resposta das empresas

Diante dessas novas características dos profissionais, as empresas começam a entender a importância de fornecer um espaço apropriado que estimule criatividade e bem-estar a sua equipe, garantindo um ambiente produtivo e saudável.

Famoso por promover a máxima autonomia aos seus funcionários, o gigante da tecnologia Google é um exemplo comumente citado quando se fala de ambientes na lógica do Work & Play: seus escritórios oferecem quadras esportivas, piscinas, academia, pista de boliche, bicicletas, restaurantes e lanchonetes gratuitas. Além disso, em vários dos seus escritórios, o novo funcionário ganha um espaço de trabalho e ali pode personalizar absolutamente como preferir, para que o seu lugar promova ao máximo conforto e entusiasmo.

Ainda que em menor escala, outras organizações estão também adotando essas medidas aqui no Brasil. Fundador da Segna, uma Consultoria de Seguros localizada no Rio de Janeiro, Marcelo Fernandes explica que promoveu alterações na nova sede da sua empresa: “estamos passando por uma mudança de metodologia onde, visando a troca de informações entre as áreas e a geração de sinergia, não teremos mais lugares fixos. Cada colaborador pode sentar em qualquer cadeira disponível”. Para isso, o CEO apostou em infraestrutura, instalando caixas de tomada da empresa CaixaTomada.com nas mesas de trabalho e reunião com o intuito de fornecer conectividade ao espaço e possibilitar o uso de notebooks, smartphones e outros eletrônicos que os membros da equipe possam precisar.

Deivison Borges, Gerente Administrativo na Design Móveis, em Minas Gerais, também encontrou na CaixaTomada.com uma solução para as necessidades dos seus clientes. A empresa de móveis planejados já usou caixas de tomada em vários ambientes empresariais, elas são especialmente usadas nas salas de reunião e estações de trabalho, para permitir que os colaboradores tenham mais liberdade com seus equipamentos e consigam se reunir para trabalhar juntos sem problemas de estrutura ou mobilidade. Para Deivison, a maior vantagem da CaixaTomada.com fica por conta de uma solução que elimina os cabos desorganizados em cima da mesa: “o produto melhora bastante a conectividade porque deixa disponível de forma discreta o acesso a conexões de USB, HDMI e energia.

Tudo indica que a busca constante por conectividade coloca a CaixaTomada.com em destaque. Suas opções de caixa tomada contribuem na mudança e no desenvolvimento dos ambientes de trabalho brasileiros. Mudança essa que já foi iniciada por pioneiros como Mercado Livre, LinkedIn, Buscapé e Airbnb, deixando as empresas brasileiras um passo mais próximas da mentalidade aplicada no Vale do Silício.

 

Website: https://comprar.caixatomada.com/