Inteligência Artificial chega aos smartphones intermediários

Com a evolução da tecnologia, recursos que antes estavam restritos aos smartphones mais caros começam a chegar aos chamados modelos intermediários, que já são os preferidos dos consumidores no Brasil. Segundo dados da IDC, o filão dos chamados “intermediários premium”, composto por aparelhos que ficam na faixa entre R$ 1.100 e R$ 1.999, cresceu nada menos que 56% no terceiro trimestre de 2018, com aumento de ticket médio para R$ 1.340, 19,9% a mais que no mesmo período do ano anterior.

De olho neste mercado, muitas marcas estão investindo em aparelhos acessíveis com funcionalidades avançadas, como o LG K12+, lançamento da LG no Brasil. Com recursos de inteligência artificial, o produto conta com um processador Mediatek Helio P22, octa-Core de 2.0GHz, que melhora desempenho e consumo de bateria do celular.

O principal atrativo do celular LG K12+ é oferecer ao consumidor de aparelhos intermediários recursos avançados, como a câmera que consegue identificar até oito tipos de objeto e fazer ajustes automáticos de contraste, brilho e nitidez para proporcionar fotos melhores. 

O processador que dá suporte a essa tecnologia é o MediaTek Helio P22, Octa-Core de 2.0GHz, que permite oferecer aos smartphones inteligência artificial e processamento com chip de oito núcleos. “O chip entrega velocidade, performance e baixo consumo de bateria”, destaca Samir Vani, country manager da MediaTek no Brasil.  Desenvolvido com a tecnologia TSMC 12nm FinFET, o Helio P22 combina o processamento de maior eficiência energética nos smartphones Android com a tecnologia CorePilot, da MediaTek, permitindo alto desempenho sustentável e economia de energia.

Com suporte para estruturas comuns de inteligência artificial (TensorFlow, TF Lite, Caffe e Caffe2) e uma função de seleção automática do melhor recurso de IA para aumentar a eficiência, o Helio P22 fornece os recursos de inteligência artificial a um custo muito acessível. Além disso, garante experiências de câmera por inteligência artificial, incluindo reconhecimento de face (Face ID), álbum de fotos inteligente, recursos de profundidade de campo de câmera única e câmera dupla. O chip também oferece suporte à câmera dupla por hardware na configuração de 13 + 8 megapixels, a 30 quadros por segundo (FPS).  E com Advanced 3A e o hardware Camera Control Unit (CCU), com altas velocidades de convergência de exposição automática, permite que os usuários façam captura rápida de imagens em movimento.

O novo aparelho da LG também tem outras funcionalidades e características que chamam a atenção. O som oferece uma experiência imersiva de som 360°, graças ao som Cinema 3D. O usuário conta ainda com o botão Google Assistente, o mais popular assistente de voz em sistemas Android no mundo. E, para completar, o aparelho é literalmente duro na queda. Feito para ser mais resistente a impactos e a variações de temperatura e umidade, o LG K12+ tem um certificado de resistência militar, o MIL-STD 810G, desenvolvido por ninguém menos do que o Departamento de Defesa dos EUA. 

“Acreditamos que recursos como Inteligência Artificial, som de cinema 3D em celulares e um padrão de maior resistência devem estar cada vez mais disponíveis. Queremos tornar esse tipo de inovação mais acessível para o púbico e mostrar que você pode ter uma experiência avançada por um custo mais acessível”, afirma Fabrício Habib, Gerente Geral de Produtos de Mobile da LG Electronics do Brasil.

A Inteligência artificial tem se disseminado em ritmo acelerado nos últimos anos. Estima-se que o mercado de IA movimentou US$ 1,2 trilhão em 2018 (aumento de 70% em relação ao ano anterior). Para 2022, a expectativa da consultoria Gartner é de que esse filão movimente nada menos que US$ 3,9 trilhões.

Website: https://www.mediatek.com/