Geap: plano de saúde tem recorde de centenários com programas de prevenção

Idosos colecionam histórias de vida, ensinam e compartilham, sobretudo, experiências. Vivências anteriores são exemplos, que passam às gerações. A relação do idoso com um plano de saúde é valiosa e a união, ao longo de décadas, ajuda a representar avanços nos índices de expectativa e qualidade de vida. Em 2060, um quarto da população brasileira (25,5%) deverá ter mais de 65 anos, segundo o IBGE. Destes, os centenários representam uma pequena parcela ainda mais atenta à prevenção e assistência médica.  

Maria Aparecida tem 79 anos e é assistida pela Geap Saúde, em São Paulo (SP). A idosa compara a operadora à sua “segunda casa”, ao participar de um programa gratuito oferecido a beneficiários da terceira idade. “Entrei no ‘Idoso Bem Cuidado’ no ano 2000, quando começou. E não falto as atividades. Sou assídua”, disse, orgulhosa.

A iniciativa a que Maria se refere acontece numa parceria entre a Autogestão e a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A Geap é a operadora brasileira que soma mais da metade da carteira de beneficiários com idade superior a 59 anos. O número total, de todas as faixas etárias, gira em torno dos 450 mil, no país inteiro. “Das crianças aos idosos, todos são acolhidos com atenção. Um diferencial é o trabalho dos nossos programas de promoção à saúde e prevenção de riscos e doenças, como o ‘Idoso Bem Cuidado’, no qual os participantes são estimulados a desenvolver a capacidade funcional, a autonomia, a autoestima e, ainda, o bem-estar físico e mental”, comentou o diretor-executivo da Geap Saúde, Leopoldo Jorge Alves Neto.

A linha de cuidado praticada pela Autogestão, que atende, exclusivamente, servidores públicos e seus dependentes, garante a longevidade saudável. Por isso que, em números atuais, de todos os assistidos, 538 são idosos centenários. Pessoas que ultrapassaram os cem anos e que confiam no serviço de saúde, especialmente nessa fase da vida.

O relacionamento é confirmado pelas beneficiárias Mirna do Rosário e Artemis Rodrigues. “Nesses mais de 40 anos, a Geap nunca me faltou”, falou Mirna, de Goiânia (GO). “Sou assistida há 33 anos e sempre que precisei, fui muito bem atendida”, confirmou Artemis, de Campo Grande (MS).

Em 2018, a Autogestão projetava investimentos de R$ 95 milhões para a área da política de incentivo à saúde e prevenção de riscos e doenças. “Em 2019, não pouparemos esforços no aprimoramento dos nossos serviços”, concluiu Leopoldo.

Quase 80% aprovam os planos de saúde

Dados da Pesquisa de Satisfação de Beneficiários de Planos de Saúde, que faz parte do Programa de Qualificação de Operadoras (PQO), da ANS, indicam que a Geap é aprovada pela maior parcela de beneficiários. Diversos pontos foram abordados, como: utilização do plano, canais de atendimento, acesso a informações, comunicação e rede credenciada. A maior parte dos entrevistados indicou conseguir um pronto atendimento na maioria das vezes. A atenção em saúde recebida foi avaliada como “boa” ou “muito boa” pela maioria.

“Acredito nessa confiança que os milhares de beneficiários têm conosco. É reflexo do trabalho. Conseguimos assisti-los de maneira satisfatória e mantê-los saudáveis”, avaliou o Diretor-Executivo da Operadora.

Como participar do Idoso Bem Cuidado

O programa Idoso Bem Cuidado é isento de coparticipação e estabelece, como linha de cuidado, a identificação de fragilidades, o monitoramento de agravos e o acompanhamento de saúde realizado por Médico Vinculador Assistencial (MVA), nutricionista e psicólogo. Oferece também saúde integral, com foco na atenção primária e no atendimento continuado, além de oficinas e palestras educativas e acesso a atividades culturais, integrativas, esportivas e de lazer.

Para participar das atividades, o beneficiário da Geap Saúde acima de 59 anos, ou um familiar responsável, pode realizar a inscrição na sede da Operadora, localizada em todas as capitais brasileiras, ou pela Central Nacional de Teleatendimento.

Website: http://www.geap.com.br/