Empresas investem em SEO para aumentar sua visibilidade e faturamento

Search Engine Optmization, ou SEO, pode soar em mandarim para profissionais que não atuam com marketing digital ou desenvolvimento web. Mas de forma sucinta, SEO nada mais é que métodos de otimizar um site para que o Google, ou outros mecanismos de busca (Yahoo, Bing, Ask), entendam o seu conteúdo como relevante e o mostre primeiro para os seus usuários.

Empresários, empreendedores que possuem ou pretendem ter uma página na internet, precisam entender urgentemente a importância de aparecer em uma boa posição no ranking do Google ou de preferência na primeira página.

As pesquisas comprovam a importância do SEO

Ser visto é imprescindível para quem acredita no potencial do seu negócio, e aparecer nos mecanismos de busca é ideal para quem deseja ser visto. De acordo com o Search Engine Journal, 93% de todo o tráfego vem de um mecanismo de busca.

Outra pesquisa do SEO Trends aponta que 69,3% das empresas já utilizam a estratégia de SEO. Isso significa que se sua empresa não está dentro dessa porcentagem, ela está atrás de seus concorrentes.

Ter um site na maioria das vezes custa caro e é trabalhoso, por isso vale investir em técnicas de rankeamento. A otimização de um site leva consequentemente ao aumento no tráfego orgânico, ou seja, serão mais usuários acessando uma página sem que precise pagar por métodos de divulgação ou por clique (CPC).

A imFORZA, agência de marketing digital de Los Angeles, realizou uma pesquisa que mostra que 75% dos usuários nunca clicam em resultados que sucedem a primeira página de pesquisa. O que mostra como o meio digital está cada vez mais competitivo, não basta ter um site é preciso investimento.

Critérios de rankeamento no Google

O Google atualiza frequentemente seu algoritmo de rankeamento, ficando cada vez mais exigente. A ideia é que na primeira página permaneçam os conteúdos mais relevantes, que entregam para o usuário exatamente o que ele busca.

Em seu blog de webmasters, o Google informou que ao todo existem mais de 200 pontos que são avaliados na hora de posicionar uma página. A empresa não revela quais são esses pontos, aumentando ainda mais a competitividade.

Entretanto, empresas como a Moz e a Search Metrics realizam estudos periódicos a fim de descobrir as tendências nos buscadores. Para que você tenha um norte na hora de otimizar o seu site.

Um dos principais fatores percebidos é criação de conteúdo único e relevante. Não basta você publicar um artigo em um blog, é preciso gerar um conteúdo completo que entregue o que seu usuário está pesquisando.

E isso leva a outros fatores, como a presença de links internos e externos para os conteúdos. Utilização de títulos e subtítulos (h1,h2,h3) contendo a palavra-chave.

A autoridade do domínio também influencia no ranking, ou seja, sites que possuem uma autoridade maior, pode ser considerados mais relevantes nas buscas.

Agências prestam o serviço de SEO

Devido à complexidade na hora de realizar as automatizações, agências de publicidade vem prestando o serviço de SEO para as empresas, como é o caso da Agência GRUP.

“Criamos estratégias e otimizamos todo o site dos nossos clientes, com o objetivo de melhorar seu rankeamento nos motores de buscas. Ao longo do tempo, é possível perceber que os clientes que investem em SEO, passam a ter um maior número de tráfego orgânico, o que diminui o custo com os anúncios pagos.” Fernanda Carmo, CEO da Agência GRUP.

As agências que prestam esse serviço, ficam responsáveis por realizar alterações no site, criar conteúdos para o rankeamento, estratégias de trocas de links, dentre outras otimizações necessárias para melhorar o posicionamento da empresa nos buscadores.

Com isso, empresas que investem em SEO acabam se destacando no mercado, pois têm maior visibilidade. Além disso, ao investir nesse serviço com o tempo é natural que os custos com anúncios patrocinados para o site diminuam.

*Escrito por João Marco Santa Rosa, Analista de Marketing na Agência GRUP.

Website: https://agenciagrup.com.br/