Empresas investem cada vez mais em ERP

O ano de 2017 tem sido um marco na adoção de sistemas de gestão e essa expansão tem sido importante para o aumento da eficiência e da competitividade das pequenas e médias empresas nacionais, além de proporcionar oportunidades para startups e empresas de software que atuam no mercado brasileiro.

Brasil: mercado promissor

O Brasil é o 9º maior mercado de software e serviços de TI do mundo (Associação Brasileira de Empresas de Software – ABES, 2017) e um verdadeiro celeiro de empresas de inovadoras de desenvolvimento e de infraestrutura de telecomunicação.

Quase 25% dos investimentos em software no mercado brasileiro é direcionado a produtos nacionais e esse volume tende a crescer nos próximos anos, uma vez que informatizar empresas e processos deixou de ser considerada uma ação estratégica “arrojada” e passou a ser uma necessidade básica para acompanhar o ritmo do mercado.

Grande parte desse investimento em software tem sido realizado na implantação e adoção de ERPs, sistemas de gestão empresarial que integram processos contábeis e administrativos que, desde os anos 80, ajudam empresas no mundo todo a sistematizar boas práticas, obrigações empresariais ligadas a recolhimento de impostos, gestão de RH, gestão de estoque e várias outras atividades comuns à qualquer negócio.

A pesquisa anual do PortalERP, um dos principais canais de informação sobre sistemas de gestão no país, realizada em janeiro de 2017 junto a mais de 4.000 empresas, catalogou os 60 sistemas gerenciais mais usados no país e constatou que as empresas brasileira usam mais de 320 sistemas de gestão diferentes.

A pesquisa também constatou que pelo menos 44% das empresas pretendiam fazer investimento na melhoria de processos ou atualização de seus sistemas gerenciais em 2017.

Particularidades do mercado brasileiro é oportunidade para empresas nacionais

A peculiaridade do mercado brasileiro, com muitas leis, regulações e recentes modernizações fiscais, faz com que o software nacional acabe se destacando. Isso tem sido confirmado principalmente nos negócios de médio e pequeno porte, que não podem arcar com grandes investimentos, desenvolvimento de software próprio ou variações cambiais típicas de serviços prestados por empresas estrangeiras.

Segundo o CEO da empresa mineira fornecedora do ERP GestãoClick, Ronei Marques, atender às especificidades do mercado nacional é uma vantagem que as empresas brasileiras possuem na luta contra fornecedores maiores e sistemas estrangeiros: “Além dos preços acessíveis, o mercado nacional já oferece opções de sistemas que facilitam a gestão de empresas em conformidade com as particularidades regionais e em consonância com regulações e padrões fiscais, como o processo de emissão da Nota Fiscal Eletrônica”.

De acordo com o site Convergência Digital , a TOTVS se mantém como líder de mercado e detém 35% de marketing share. Além disso, as empresas nacionais que fornecem software ERP conseguem oferecer flexibilidade na hora da contratação, um fator importante em tempos de crise: “Hoje, planos de assinatura com benefícios variados e a possibilidade de redução de investimento em infraestrutura de TI com o uso de plataformas na nuvem facilitam muito a aquisição, que pode ser feita gradualmente”, complementa o CEO da GestãoClick.

Investimento em tecnologia rende

O investimento em TI tem dado resultados objetivos. Segundo a 28ª edição Pesquisa do Uso de Tecnologia nas Empresas da FGV, que traz um levantamento sobre o uso de tecnologia em empresas de vários setores no ano de 2016, aponta que mesmo com a crise o investimento em tecnologia não foi reduzido.

Além disso, o estudo aponta que o aumento de 1% no investimento em tecnologia tem aumentado, após 2 anos, o lucro das empresas em 7%. À primeira vista, aumentar o investimento em tecnologia em tempos de crise pode parecer uma decisão equivocada. Contudo, os dados têm provado que a eficiência gerencial e operacional que o investimento feito em infraestrutura e sistemas de gestão proporcionam fazem a balança pesar positivamente.

Sobre o GestãoClick

GestãoClick é o sistema ERP online da empresa homônima, uma startup de Belo Horizonte (Minas Gerais) que integra a Associação Brasileira de Start Ups e o San Pedro Valley). A empresa apostou todas as fichas na criação de um sistema flexível, 100% online e na nuvem e com interface amigável e inteligente (inclusive com uma espécie de wizzard/tutorial que ensina o usuário dentro do próprio sistema). A participação do GestãoClick no mercado tem crescido de forma sustentável desde sua criação em 2014 e o sistema já conta com mais de 1000 clientes.

Para mais informações, acesse: https://goo.gl/AuFYh3