Empresas familiares assumem liderança de mercado

Dados do IBGE e do Sebrae mostram que 90% das empresas no Brasil ainda são familiares. Elas representam cerca de 65% do PIB e empregam 75% da força de trabalho do país. Embora sejam consideradas a espinha dorsal da economia nacional, pesquisas também apontam, por outro lado, que a cada 100 empresas desse tipo 70% não passam pela geração do fundador e apenas 5% conseguem chegar à terceira geração.

Contudo, o número de empresas familiares que assumem a posição de liderança de mercado vem crescendo nos últimos anos. O principal motivo para isso é mudança do modelo de gestão, que permite contornar conflitos internos, criar processos mais dinâmicos e introduzir novas tecnologias com o objetivo de expandir dos negócios. Nesse sentido, a Mecalor, empresa familiar, líder no segmento de soluções de engenharia térmica, deu um passo importante para a sua profissionalização, tornando-se uma empresa SA (Sociedade Anônima de capital fechado).

Essa transformação societária dará suporte ao expressivo crescimento dos últimos anos e sustentação gerencial à ampliação das suas operações, principalmente à expansão para o mercado externo. “Na verdade, foi uma evolução normal em que deixamos definitivamente de ser uma empresa familiar e amadurecemos para uma gestão profissional”, explicou Janos Szégö, CEO da companhia.  Ele ressaltou que essa mudança traz mais solidez e transparência às decisões estratégicas, que passam agora a serem submetidas a um conselho diretor, composto pelo administrador e mais quatro diretores estatutários, que hoje já comandam a empresa.

Ainda segundo o executivo, a descentralização administrativa reafirma o compromisso de um crescimento sustentável por meio de técnicas modernas de gestão. “Precisamos estar preparados e bem estruturados para enfrentar os crescentes desafios dos próximos anos”, afirmou.

Há 60 anos no mercado, a Mecalor fornece soluções de engenharia térmica para diversos setores da indústria no Brasil e em outros países da América Latina. A empresa atua em diversos setores, sendo os principais: plástico, hospitalar, alimentício, farmacêutico, ar condicionado e automotivo. Neste último, destaca-se pela fabricação de câmaras climáticas para teste em automóveis. 

Como reflexo desse processo de mudança de gestão ao longo dos anos, a Mecalor viu crescer bastante a sua participação no mercado, com aumento das vendas nacionais e crescimento das exportações. “Nos últimos três anos tivemos um salto de 30% no nosso faturamento em meio a um ambiente de grave crise econômica”, ressaltou o Szégö.

 

Website: http://www.mecalor.com.br