Dermocosmético com derivado da toxina botulínica de uso tópico chega com exclusividade ao Brasil

Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), o setor de beleza foi um dos mais movimentados em 2018 e obteve crescimento em relação a 2017. A categoria de cuidados com a pele, especificamente, apresentou um crescimento de 7,2%, com destaque para o desempenho dos produtos antienvelhecimento. Mundialmente conhecido como um dos maiores mercados de beleza, o Brasil recebe, com exclusividade, o lançamento da primeira linha de dermocosméticos com Nano TPC + Peptídeo Botulínico da Meiskin Swiss, marca suíça especializada em cosmocêuticos com atuação a nível intracelular. A substância é um ativo derivado da toxina botulínica, desenvolvida para a aplicação direta na pele.

A Meiskin Swiss detém o direito de exclusividade da patente do Nano TPC e é justamente esta nanotecnologia que faz com que o peptídeo botulínico consiga chegar até a camada da derma, sem a necessidade de agulhas e de modo não invasivo. A atuação acontece diretamente nas células, diferentemente das injeções de toxina botulínica, que atuam na paralisação do músculo.

 

Inovação

O carro-chefe do lançamento é o Sérum Antirrugas Meiskin Swiss, apresentado nas versões feminina e masculina, uma vez que o público masculino está cada vez mais interessado no cuidado com a aparência, saúde e bem-estar.

Além do peptídeo botulínico, o sérum conta com um blend exclusivo de ativos como EGF, pantonina, alantoína, lecitina e argeline, já utilizados nos melhores dermocosméticos, com o objetivo de hidratar, renovar e reparar a pele marcada por rugas, linhas de expressão, entre outros sinais da idade. A grande diferença da linha da Meiskin Swiss fica, novamente, por conta da nanotecnologia, combinada também com esses ativos, o que aumenta em até 30 vezes a penetração desses componentes na pele.

“Chegamos a um tratamento facial anti-idade multifuncional, extremamente eficaz tanto para quem quer prevenir, como para quem deseja voltar a ter uma pele saudável e rejuvenescida, de modo suave e ação eficaz e nada artificial. Os primeiros resultados já aparecem após apenas duas semanas de uso diário e contínuo”, afirmou Marija Orloviene, sócia-proprietária da Meikin Swiss.

A recomendação de uso é de apenas 6 gotas, duas vezes ao dia, devendo ser aplicadas na pele limpa e seca. Além da hidratação intensa, redução da rugas existentes e prevenção de novas, revitalização e iluminação da pele, o sérum auxilia ainda na diminuição de manchas e melasmas, especialmente por conta do princípio ativo EGF e do peptídeo boltulínico. Quem faz uso da toxina botulínica injetável pode usar também essa solução, de modo a complementar o tratamento antienvelhecimento e prolongar consideravelmente o efeito com uma rotina diária e contínua.

Outra novidade é a Máscara Facial Meiskin Swiss, formulada também com Peptídeo Botulínico e tecido exclusivo desenvolvido em Cupra Marinha, uma substância presente na parede celular das algas que, por si só, já confere diversas vantagens para a pele, como a recuperação da vitalidade mesmo após um banho de sol em excesso, por exemplo. 

Os nutrientes e componentes exclusivos da máscara causam efeito regenerativo, atuando na melhora da elasticidade, iluminação e maciez da pele. Para a ativação desses componentes são necessários apenas 20 minutos de contato, mas, para potencializar os resultados e tratar manchas e melasmas, o recomendado é permanecer com o produto de 30 a 40 minutos.

A escolha do Brasil para os lançamentos da Meiskin Swiss foi baseada em pesquisas relacionadas aos hábitos de consumo e cuidados com a pele que apontaram, por exemplo, as mulheres brasileiras como consumidoras ativas de injeções de toxina botulínica e de cirurgias plásticas.

 

Website: http://www.meiskin.com.br