Depois do divórcio: escritora lança livro para ajudar casais em processo de divórcio

O assunto Divórcio é um tema recorrente nas diversas esferas sociais da atualidade. Tem-se discutido a temática do ponto de visto econômico e psicológico, pois traz tanto despesas financeiras como estresses emocionais. Segundo um levantamento feito em 2017 pelo site “Casamento Civil”, os custos básicos de um divórcio extrajudicial são de R$366, 39 (divórcio sem partilha), mais o custo com advogados tabelados pela OAB/SP tem valor mínimo de R$2.126,85. Além do processo que é desgastante psicológica e emocionalmente, é possível observar que o “pós-divórcio” tem sido assunto negligenciado, sendo a etapa mais difícil para as Novas Famílias em reconstrução.

Justamente entendendo essa falta de suporte que a autora Juliana Silveira iniciou o projeto ‘New Families-Cuidado compartilhado’. A partir de experiências próprias de superação e redescobrimento, a autora decidiu que deveria ajudar pessoas que passam por dificuldades iguais às que ela havia passado. Desse projeto nasceu seu primeiro livro; “Divórcio: a construção da felicidade no Depois.”

Para que possamos entender mais sobre o Projeto, a autora conversou com nossa equipe e contou um pouco sobre o lançamento de seu primeiro livro, bem como de seu site “New Families”.

Entrevista com a Autora Juliana Silveira:

Entrevistador: Com o lançamento chegando mais pessoas têm procurado saber sobre seu livro. O que estas pessoas encontrarão ao lê-lo?

Autor:Encontrarão histórias reais de uma mulher que passou pelo processo de divórcio com seus dois filhos, que, embora dificuldades, caminhou para reconstrução familiar. As crônicas trazem uma sequência de acontecimentos e temas que mexeram com toda a nossa família, mas que ajudaram a edificar o nosso presente. Uma família diferente. Duas casas e uma vida compartilhada. O que é realidade para muitas famílias no mundo ainda é marginalizado e subversivo.

Entrevistador: Juliana, conte-nos de onde surgiu essa motivação para escrever um livro?

Autora: Quando tomamos, eu e o pai dos meus filhos, o caminho do divórcio, me vi sozinha com duas crianças que tiveram sua família original rompida. Eles tinham 4 e 5 anos. E este processo doloroso é realmente solitário por se perder pessoas na caminhada. Eu queria proteger meus filhos e sabia que seria melhor manter um equilíbrio com o pai deles. Mas em nenhum lugar ou literatura encontrei acolhida e informação para a jornada que eu e meus filhos passaríamos. Foi então que comecei a escrever sobre cada experiência que passamos, na posição de personagem daquela história. E ao reler cada uma, entendi que é na experiência do outro que as pessoas poderiam encontrar caminhos, alternativas, informações reais, formas de passar por aquela experiência. E assim, minimizar a sensação de fracasso, de solidão. E assim, permitir ver novas possibilidades, recomeços.

Entrevistador: Você viu uma necessidade e resolveu trabalhar para saná-la. Como foi essa caminhada até a conclusão do livro?

Autora: A caminhada foi difícil pois precisei enfrentar verdades dolorosas em minha vida. Mas bonita, reconheço. Pois me fez olhar a minha história de divórcio e assumir o caminho que escolhi para mim mesma, honestamente. Isso antes de ser referência ou amparo para outros.

Entrevistador: Sabemos também que você possui um site, ‘New Families-Cuidado Compartilhado’, que é um grande projeto que ajuda pessoas que passaram por situações parecidas com a sua. Como este projeto ajudou você na escrita do Livro?

Autora: A escrita começou a ser publicada neste site, que virou, com o amparo das redes sociais, um ambiente de compartilhamento das histórias e interação com as pessoas que foram sensibilizadas com elas. Neste grupo, não se tratam apenas de pessoas divorciadas. Falo com familiares, pessoas que viram entes queridos e amigos viverem o processo de divórcio, e nos textos buscam ferramentas para apoiar, empatia. O livro veio para consolidar essa escrita e eternizá-la nas cabeceiras de quem lê e relê os textos, na busca de um caminho melhor de fazer todo este movimento.

Entrevistador: Com o projeto concluído vem a parte em que muitos autores travam: A hora de publicar. Como foi achar a editora correta para publicar seu primeiro livro?

Autora: Como marinheira de primeira viagem no lançamento de um livro, comecei buscando editoras que patrocinassem a publicação. Como o blog tinha pouco tempo, tive alguns entraves. As editoras queriam ver a maturação do projeto para investir. Foi então que em um dos vários contatos e cotações que fiz, cheguei à Editora Albatroz, que me acolheu e ao projeto com muita informação, orientações de lançamento, e um profissional suporte de produção tornando o sonho de eternizar esse trabalho, realidade. Tenho muitos planos de novas publicações para o New Families, o que pretendo fazer com essa mesma equipe que me acompanhou até agora e que me deixou segura para tocar este propósito.

Entrevistador: Como a criação do Site tem ajudado as pessoas que passaram pelos mesmos problemas que você? Você conseguiu acompanhar o progresso dessas pessoas?

Autora: O site tem a função de canal. Um ambiente de reflexão para cada tema que vem à tona nos textos semanais publicados. Por ser um espaço que propicia a interação, histórias são trazidas pelos seguidores, em função da exposição. Neste momento uma troca acontece com o leitor: Compartilhamos as experiências e as dores, buscando suavizar o processo que por vezes muito doloroso, mas que quando dividido e acolhido com a empatia de quem já viveu estes momentos, perde peso.

Entrevistador: O seu livro está prestes a ser lançado, você tem interesse em continuar a escrever nesta área ou em algum outro gênero?

Autora: Sim, seguirei escrevendo sobre este tema, que a cada dia me instiga mais por conta dos seus desafios. Os leitores se surpreenderão com o que vem por aí. Tratam-se dos desdobramentos, em todos os papéis exercidos pelos integrantes das novas famílias e suas atribuições. É verdade que também descobri um grande prazer em escrever. Por isso não descarto outras possibilidades. Vamos ver para onde esse prazer me leva.

Website: https://editoraalbatroz.com.br/portfolio-item/divorcio-a-construcao-da-felicidade-no-depois/