Consulta de pontos na CNH pode evitar perda do direito de dirigir

A maioria das infrações registradas em São Paulo no ano de 2017 – 74,92% – foi identificada por meio de radar eletrônico, ou seja, quase todos os condutores ficaram sabendo apenas ao receber a notificação, dias depois do cometimento da infração, que foram autuados.

A prefeitura de São Paulo, por meio do portal da mobilidade, aponta ainda que mais de 900 mil infrações registradas foram reincidentes, ou seja, os condutores tornaram a cometer, dentro do mesmo período de 12 meses, uma mesma infração que já haviam cometido. As reincidências trazem acúmulo de pontos na CNH e podem levar à suspensão da CNH.

Sem ter conhecimento de que cometeu uma infração, o condutor também pode acumular muitos pontos em sua CNH sem perceber, ainda mais nos casos em que ele não recebe a notificação da infração por escrito.

Segundo informações disponibilizadas pelo Detran, as infrações mais cometidas pelos condutores, no estado de São Paulo, onde pode ser visto o alto índice de suspensões mensais, são a utilização do aparelho celular, o excesso de velocidade e o desrespeito à lei do rodízio. Isso significa que os condutores precisam estar atentos às atitudes que podem gerar principalmente este tipo de infração.

Para os condutores que têm dúvidas sobre terem ou não cometido infrações, a consulta dos pontos na CNH pode ser realizada de maneira fácil e prática, tanto em uma unidade do DETRAN de cada estado como no site do órgão.

O DETRAN de cada um dos estados brasileiros oferece ao condutor uma plataforma virtual na qual podem ser consultadas a pontuação existente na carteira de habilitação e a data de vencimento desses pontos. Dessa forma, o condutor pode ter o controle do número de pontos que possui em sua carteira e evitar ter seu direito de dirigir suspenso.

A realização da consulta é bastante simples. Em uma unidade do DETRAN, basta que o motorista apresente a carteira de habilitação e uma cópia do documento do veículo (CRLV). Para a consulta pelo site, é necessária a inserção, nos campos disponíveis, dos números do CPF do condutor e do número de registro da CNH. Inserindo estes dados, é possível obter a informação relativa ao número de pontos que estão registrados na carteira.

Em caso de dúvida sobre ter cometido ou não uma infração, o condutor também pode realizar consulta no site da Polícia Rodoviária Federal, o qual disponibiliza informação relativa a todas as infrações cometidas com o veículo por meio do serviço “Nada Consta”. Na plataforma, estará disponível o auto de infração (notificação) até 30 dias após o cometimento da infração. Dessa forma, o condutor poderá saber se há multas a serem pagas e, consequentemente, pontos a serem adicionados a sua CNH.

Para esse tipo de consulta, o condutor deve informar a placa do veículo e o número do Renavam, que é o Registro Nacional de Veículo, por meio do qual é possível ter acesso a todo o histórico de infrações cometidas com o carro.

Todas as formas de consulta da pontuação são gratuitas a todo o condutor. Tendo mais essa facilidade, o motorista pode consultar com mais frequência a pontuação na sua CNH.

Para consultar os pontos da CNH pelo site, o condutor deve acessar a página do DETRAN do estado em que ele realizou a sua habilitação e não do estado onde ocorreram as infrações, já que a pontuação é uma forma de punição relacionada diretamente ao motorista e não ao veículo, com o qual as infrações é que estabelecem vínculo. Por isso, mesmo que o condutor esteja dirigindo somente em um determinado estado, se sua habilitação está registrada em outro, ele deve procurar informações no portal que faz referência ao estado de registro do documento.
A mesma situação acontece para a consulta em unidades do DETRAN. Para consultar os pontos, o motorista deve comparecer a uma agência no estado em que realizou o processo de habilitação.

Saiba mais em https://doutormultas.com.br/detran-sp-pontos/.
Contato: doutormultas@doutormultas.com.br
0800 6021 543