Bem-estar no call center: legislação está prestes a ser aprovada

Ao reconhecer que o trabalho dos operadores de telemarketing é árduo e possui um grande estresse físico e mental, tramita na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei 8100/17 que obriga as empresas de teleatendimento ou telemarketing a oferecerem serviços de ginástica laboral e atendimento psicológico aos empregados. Já aprovado pela Comissão de Seguridade Social e Família, a proposta tramita em caráter conclusivo, ou seja, não será necessária aprovação em Plenário, e ainda será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. O principal objetivo da legislação é garantir o bem-estar no call center, proporcionando um ambiente mais agradável ao colaborador.

Por se tratar de uma função em que é necessário ter um contato direto com o público todos os dias, sentado e em frente a um computador, é interessante que os gestores tomem providências para tornar o ambiente mais agradável e favorável à continuidade das atividades. Nesse sentido, a ginástica laboral e o atendimento psicológico podem ser muito benéficos. Parar por alguns minutos da atividade e realizar exercícios que estimulem o fortalecimento dos músculos, ajuda no perfeito funcionamento do organismo. Outro ponto bastante positivo de possibilitar bem-estar no call center são as dores no corpo que serão minimizadas, proporcionando mais qualidade de vida no trabalho. No que se refere ao atendimento psicológico, ele irá atuar diretamente no conforto emocional favorecido pela desabafo, uma vez que situações estressantes são frequentes nesse ramo.

Com mais de 20 anos de experiência em desenvolvimento de tecnologia para equipamentos de comunicação por voz , a Top Use reforça que proporcionar bem-estar no call center é fundamental para contribuir no constante crescimento do setor. “O investimento em tecnologia para a prestação de serviços cada vez mais precisos e inteligentes também é importante, mas não tanto quanto a satisfação do colaborador em fazer parte da equipe. Garantir a saúde dos funcionários é imprescindível para que os demais investimentos realizados, como em infraestrutura e equipamentos, sejam bem aproveitados”, ressalta. Diante das ameaças do segmento que preocupa alguns dos empresários, a legislação vem uma hora oportuna para reforçar a importância do cuidado com cada pessoa presente no processo.

Existem empresas que já se preocupam com o bem-estar no call center e promovem atividades correspondentes às propostas na lei, sendo a sanção da mesma importante para expandir essas medidas protetivas aos demais operadores de telemarketing que ainda não são beneficiados. Além das vantagens perceptíveis no dia a dia, a inserção de ginástica laboral e do atendimento psicológico aos colaboradores irá prevenir que eles sejam acometidos por doenças mais graves no futuro. Inclusive aquelas que possam incapacitá-los de desempenhar suas funções e que os obrigue a ficar afastados, o que seria um grande prejuízo para a empresa.

De acordo com o portal da Câmara dos Deputados, o texto estabelece que as empresas com 50 funcionários ou mais deverão manter, durante todo o horário de funcionamento, profissionais disponíveis para realização e tutoria de ginástica laboral. Já o atendimento psicológico poderá ser próprio ou referenciado, sem custo para os empregados, favorecendo o bem-estar no call center.
Website: http://www.topuse.com.br/