Aumento de contratações de fim de ano no varejo exige cuidados

O final de ano é uma época boa para a economia. Neste ano, a Confederação Nacional do Comércio, Bens, Serviços e Turismo (CNC) projeta um aumento de 4,3% nas vendas do Natal em relação ao ano passado e estima que, neste fim de ano, sejam contratadas 73 mil pessoas para o período das festas. São geralmente funcionários temporários que foram chamados para ajudar as empresas varejistas a darem conta do crescente número de consumidores. No entanto, toda a logística e processos para a contratação desses temporários pode gerar uma grande dor de cabeça para as empresas e atolar a área de Recursos Humanos.

Uma saída, então, é terceirizar o recrutamento. Porém, consultorias de recursos humanos podem representar um aumento de custos e, em alguns casos, do tempo de contratação dos funcionários. Outra alternativa é procurar softwares de plataformas de recrutamento, que auxiliam os gestores comerciais na hora de avaliar os candidatos, deixando que o gestor de RH livre para atuar como validador do processo e, principalmente, focado nas pessoas e na gestão da área.

“Houve aumento de 50% na geração de leads provenientes de empresas de varejo em relação ao primeiro semestre deste ano”, comenta Mariana Dias, CEO da !link Gupy http://www.gupy.io, uma plataforma de recrutamento e seleção que utiliza Inteligência Artificial e People Analytics em seu sistema, “Esse tipo de empresa costuma aumentar muito as vendas de final de ano então realizam uma série de contratações nessa época. Aliado a isso, é um setor que normalmente não possui uma área de RH estruturada e com muitas pessoas”. Nesse sentido, a Gupy ajuda a diminuir o tempo de contratação em 50% e reduz a carga operacional do processo de recrutamento e seleção em 70%.

É importante lembrar que, dos funcionários contratados para vagas temporárias no final do ano, apenas 17% conseguem ser efetivados. A utilização de plataformas de recrutamento também ajuda a impulsionar esse número, já que, com a utilização de tecnologias inovadoras, como Inteligências Artificial e People Analytics, a contratação é mais assertiva e alinhada às expectativas e skills dos candidatos, diminuindo o turnover e possibilitando que temporários sejam efetivados.