A revolução no mercado de publicidade mobile que uniu forças com e economia compartilhada e está fazendo os usuários ganharem dinheiro com app

O mercado de anúncios pagos para atração de usuários movimenta mais de US$ 3 bilhões por ano no Brasil. É o que aponta estudo realizado pela AppsFlyer, plataforma de mensuração de aplicativos.

Já não é novidade que com a revolução 4.0, principalmente com a revolução mobile, os mercados e os consumidores vêm se modificando de maneira cada vez mais veloz. Nesse contexto, grande parcela do mercado acaba ficando perdida, sem saber como acompanhar tais transformações.

Por isso, diariamente surgem novas formas e caminhos que tentam ser alternativas de adaptação a essas mudanças. Esse é o caso da Iapim (Inteligência Artificial in Publicidade Mobile), aplicativo recém-lançado e que vem apostando em um novo jeito de fazer publicidade online, investindo em Economia Compartilhada e Adtech.

No mundo, são US$ 142 bilhões circulando na indústria mobile só com campanhas de aquisição e uso de apps. Na América Latina, são US$ 4,8 bilhões gastos com publicidade em aplicativos – o Brasil representa cerca de 70% desse valor.

“A iapim foi criada para mudar o jeito de ver publicidade, promoções e consumir serviços, aplicando os conceitos de Economia Colaborativa com o autêntico cashback.”, explica Tiago Amorim, Presidente da Iapim.

Nessa tentativa de tornar as ideias lucrativas mesmo tendo um mercado e seus consumidores em constante processo de transformação, duas alternativas vêm se destacando: Economia Compartilhada e Adtech.

De acordo com a empreendedora Robin Chase, através da primeira é possível ter o melhor da industrialização e das pessoas. Assim, a Economia Compartilhada pode ser definida como um modelo social e econômico fundamentado no compartilhamento de recursos humanos, físicos ou intelectuais, geralmente através de aplicativos.

Já o Adtech pode ser considerada uma tecnologia usada com o objetivo de prospectar clientes e construir uma marca num âmbito digital, tendo como foco os meios tecnológicos.

Dessa forma, atualmente temos a Economia Compartilhada e o Adtech trabalhando juntas para alcançar esse caminho para a lucratividade de maneira a compreender esse comportamento mutável dos consumidores e usuários.

Sobre a Iapim

Lançado no mercado recentemente, a Iapim desenvolveu um aplicativo que bonifica usuários por interação com anúncios, principalmente de promoções, de seu interesse, e por indicações de amigos para utilizarem a plataforma. Em contrapartida, a aplicativo leva as marcas até o seu público de interesse.

O Diretor de Marketing da Iapim, Gabriel Pereira, explica que o aplicativo tem como propósito realizar o encontro entre as marcas e os seus potenciais consumidores e gerar uma experiência agradável na qual a marca pode compartilhar com seus perfis de clientes suas novidades e os usuários se beneficiam ao interagir.

Como funciona

Atualmente o aplicativo apresenta 3 formas de ganhos para os usuários. Assim, quem utiliza o aplicativo pode ganhar quando: interagir com a promoção do seu interesse (clicar); indicar amigos (10%) sobre suas interações até 45 reais e ao indicar empresários para anunciar, ganhos infinitos.

Isso acontece da seguinte forma: os empresários anunciam com intenção de vender e os anúncios na IAPIM entram com a distribuição de renda para os usuários de diversas formas, criando um ambiente rico, com altos índices de vendas.

Então, as contas exibirão dinheiro de fato, pois unirão descontos dos produtos, machine learning (direcionamento, assertividade) e cashback. Dessa forma a startup une todos os atributos da venda: atende a necessidade do consumidor, oferece desconto e remunera.

Especialistas apontam que cada vez mais surgirão iniciativas como a da Iapim, pois elas se colocam como boas alternativas, pois atendem a esse novo perfil de consumidor em constante transformação e ainda consegue ser lucrativa para as empresas.

O Iapim já está disponível tanto para Android quanto para IOS.

 

Website: http://wwww.iapim.com.br/