Diageo pode fazer acordo com Jose Cuervo, dizem fontes

Acordo daria à gigante mundial de bebidas 100% de uma marca de tequila em forte crescimento

Nova York – A fabricante de bebidas Diageo PLC está perto de fechar um acordo de troca de ativos com a Jose Cuervo que daria à gigante mundial de bebidas 100% de uma marca de tequila em forte crescimento. Em troca, a britânica abriria mão de sua marca de uísque Bushmills.

Os dois lados estão em conversas avançadas para um acordo que daria à Diageo os 50% da marca Don Julio que hoje pertencem à Jose Cuervo juntamente com um pagamento em dinheiro, segundo fontes com conhecimento do assunto.

Hoje a Diageo já detém 50% da Don Julio. Como parte do acordo, a Diageo entregaria a Bushmills para a Cuervo.

Os termos exatos do negócio, que pode ser anunciado já na próxima semana, ainda não foram conhecidos.

A consumação do negócio permitiria à Diageo realizar sua ambição de impulsionar sua presença no segmento de tequilas de alta sofisticação depois dos esforços mal sucedidos do grupo para comprar a Jose Cuervo há cerca de dois anos.

A Diageo e a companhia detida pela família mexicana Beckmann tinham um pacto de distribuição que terminou no ano passado. Antes do vencimento do acordo, os dois lados discutiram uma tomada da Cuervo pela Diageo, mas não conseguiram concordar com os termos.

Embora a Jose Cuervo seja a maior marca de tequila do mundo, ela não cresce no mesmo ritmo da Don Julio, um portfolio de tequilas de alta qualidade que mais recentemente vem reportando uma taxa de crescimento de 25% ao ano, segundo uma das fontes ouvidas.

A Diageo é a maior fabricante de bebidas alcoólicas do mundo, com marcas como Johnnie Walker, Smirnoff e Bushmills, uma das maiores marcas de uísque irlandês.