Deutsche Bank é investigado nos EUA por lavagem de dinheiro

Autoridades dos EUA abriram outra investigação contra o banco por lavagem de dinheiro vindo da Rússia

Nova York – As autoridades americanas abriram uma nova investigação contra o Deutsche Bank por lavagem de dinheiro proveniente da Rússia, após uma tentativa de corrupção de um operador de Moscou, afirmou nesta segunda-feira à AFP uma fonte próxima ao caso.

Segundo a fonte anônima, a investigação está sendo conduzida pelo ente regulador dos serviços financeiros de Nova York, o DSF, que realiza em paralelo outras investigações sobre o maior banco da Alemanha.

O DSF, conhecido por sua dureza em relação aos grandes bancos, iniciou essa nova investigação no início deste verão boreal.

Segundo a fonte, o regulador soube de uma tentativa de corrupção de um operador do Deutsche Bank em Moscou, sobre a qual não deu detalhes.

Contatado pela AFP, o DSF não quis comentar o caso.

Em maio passado, o banco alemão aceitou pagar às autoridades americanas uma multa de 55 milhões de dólares por ter minimizado perdas vinculadas a produtos financeiros complexos no auge da crise financeira de 2008.