Gastos com integração da Maia impactaram lucro do Magazine Luiza

Varejista registrou no segundo trimestre do ano ganhos de R$ 4,6 milhões

São Paulo – O lucro do Magazine Luiza de 4,6 milhões de reais no segundo trimestre do ano estava dentro das previsões da companhia. “O resultado está de acordo com as perpectivas que a gente previa para 2011. Algumas despesas impactaram diretamente os números, mas tudo está como planejado”, afirmou Marcelo Silva, CEO da varejista, nesta sexta-feira, em teleconferência com a imprensa.

Segundo ele, despesas com integração da Lojas Maia, administrativas e com a contratação de algumas consultorias  foram o que mais pesaram nos resultados. No segundo trimestre, os gastos somaram 42,4 milhões de reais, alta de 53,7% na comparação com o mesmo período de 2010.

“Além disso, tem o efeito Copa do Mundo, no segundo semestre de 2010, as venda de TVs impactaram positivamente nossos resultados. Trata-se até de uma comparação desleal”, afirmou Silva.

A receita líquida no período aumentou 37,3% passando de 1,07 bilhão de reais para 1,47 bilhões de reais. Nos seis primeiros meses do ano, o faturamento atingiu 2,88 bilhões de reais.

De acordo com Silva, o grande destaque dos resultados do período é os obtidos com a Lojas Maia. A receita bruta rede cresceu 63,9%, alcançando 237,4 milhões de reais e margem EBITDA superior a 5% da receita líquida.

Para os próximos trimestres, a varejista não está prevendo nenhuma mudança e nem revendo nenhum número. “Nossas estimativas continuarão de acordo com as já anunciadas”, disse Silva.