A nova fronteira do Airbnb para crescer: luxo para empresas

O Airbnb aluga espaços colaborativos com wifi e oferece experiências para equipes como aulas de culinária ou de canoagem

São Paulo – Depois de conquistar turistas com hospedagens inusitadas, o Airbnb tem novidades. O Airbnb for Work é voltado para pessoas que viajam muito a trabalho, com oferta de hospedagens com melhores avaliações e experiências.

O precursor Airbnb for Business foi lançado em 2014. Não só o nome mudou, para Airbnb for Work, mas o serviço também inclui novidades.

Mais do que alugar um espaço para passar a noite durante uma viagem de negócios, o Airbnb busca fazer parte do dia a dia das empresas. Aluga também hotéis boutique, espaços colaborativos com wifi e oferece experiências de fortalecimento de equipe como aulas de culinária ou de canoagem.

Cerca de 700 mil empresas já usam o serviço, contra 250 mil há pouco mais de um ano. Grandes empresas, com mais de 5 mil funcionários, representam 40% das reservas, assim como as startups. O restante dos 20% de reservas vem de empresas médias. Até o momento mais de 18 mil empresas brasileiras já tiveram os seus funcionários usando o Airbnb for Work.

À medida que mais empresas entram na plataforma, há também um crescimento significativo nas reservas: de 2015 a 2016, as reservas do Airbnb for Work triplicaram e, de 2016 para 2017, triplicaram novamente.

Parte desse crescimento vem de empresas que estão substituindo os hotéis por estadias no Airbnb, acredita a empresa.

O segmento que mais cresce é o de viagens de três dias ou menos. “Os viajantes de negócios estão usando cada vez mais o Airbnb para viagens mais curtas, para as quais eles podem ter reservado hotéis no passado”, diz a empresa em comunicado.