Departamento de Justiça dos EUA desiste de processar Eletrobras

Departamento de Justiça dos Estados Unidos declinou em processar a estatal por questões envolvendo a lei norte-americana anticorrupção

São Paulo – Eletrobras informa que seus advogados norte-americanos, Hogan Lovells US LLP, informaram que o Departamento de Justiça dos Estados Unidos da América do Norte (USDOJ) declinou em processar a Eletrobras por questões envolvendo a lei norte-americana anticorrupção (FCPA).

Segundo a empresa, o USDOJ não estabeleceu qualquer contingência ou condição e não determinará a indicação de um monitor. Assim, não há quaisquer questões pendentes de resolução perante o USDOJ.

A estatal informa ainda que o contrato com o Hogan Lovells US LLP permanece vigente, uma vez que o escritório está auxiliando a companhia com relação à implementação de certas medidas de remediação e a negociação de uma resolução da investigação junto à U.S. Securities and Exchange Commission (SEC).