Demanda doméstica brasileira da Latam cai 12,3% em abril

A oferta de assentos teve um corte ainda maior, de 12,7%, o que levou a uma ligeira alta, de 0,3 ponto porcentual, na taxa de ocupação das aeronaves

São Paulo – A demanda doméstica brasileira da Latam Airlines recuou 12,3% em abril, na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo dados divulgados nesta sexta-feira, 6,pelo grupo.

A oferta de assentos teve um corte ainda maior, de 12,7%, o que levou a uma ligeira alta, de 0,3 ponto porcentual, na taxa de ocupação das aeronaves nos voos da companhia dentro do Brasil, para 82%.

No total, a Latam transportou no mês passado 2,295 milhões de passageiros, número 12,5% menor que o registrado em abril de 2015.

No consolidado, a demanda de passageiros do grupo Latam cresceu 2,0%, enquanto a oferta aumentou 0,6%. Como resultado, a taxa de ocupação para o mês teve expansão de 1,1 ponto porcentual, alcançando 82,7%.

Ao todo, a companhia transportou 5,096 milhões de passageiros, queda de 3,4%.

O tráfego internacional de passageiros representou aproximadamente 56% do tráfego total de passageiros no mês.

Somente os voos internacionais tiveram um aumento de 9,6% na demanda, ante alta de 7,8% da oferta, levando a uma taxa de ocupação de 84,2%, alta de 1,3 ponto porcentual.