CVM concede decisão favorável ao Pão de Açúcar

Em outubro, a CVM determinou que o Pão de Açúcar pagasse indenização a acionistas da Globex

São Paulo – A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) suspendeu a indenização que o grupo Pão de Açúcar tinha de pagar para ex-acionistas minoritários da Globex, atual Via Varejo (dona do Ponto Frio) até que haja uma decisão definitiva sobre o caso da venda do Ponto Frio.

Em outubro, a CVM determinou que o Pão de Açúcar pagasse um valor equivalente a 80% da indenização paga a Morzan (empresa criada por Lily Safra para a venda do Ponto Frio) aos demais acionistas da Globex.

O GPA calculou que o valor seria de R$ 150 milhões. O imbróglio do Ponto Frio começou em 2012 porque Lily Safra, que venceu a arbitragem, dizia ter sido prejudicada pela forma como o pagamento do negócio foi feito. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.