CVC planeja pacotes para o período da Copa do Mundo

O presidente da empresa aposta no evento esportivo como uma oportunidade de aumentar o turismo

São Paulo – O presidente da CVC, Luiz Falco, avaliou que a realização da Copa do Mundo no Brasil traz oportunidades para a companhia de turismo sobretudo em razão de as férias escolares estarem sendo estendidas tanto para o mês de junho e julho e pela possibilidade de um maior número de feriados em razão da realização dos jogos.

Durante inauguração de um workshop para profissionais do turismo em São Paulo, ele destacou que a companhia investe na oferta de produtos para o período.

O vice-presidente de Vendas, Produtos e marketing da CVC, Valter Patriani, destacou sobretudo a oferta de roteiros para o Nordeste no mês de julho.

“A Copa vai de meados de junho a meados de julho, mas em julho no Nordeste não tem Copa”, ponderou. Ele lembrou que os jogos na fase final da competição se concentram no Sul e Sudeste.

Patriani ainda afirmou que os preços no turismo brasileiro já foram normalizados depois de um pico de alta antes da realização do sorteio dos jogos da Copa.

“Naquele momento estava tudo confuso porque ninguém sabia quem ia jogar onde, mas o sorteio já foi feito e agora os preços estão baratos”, declarou. “Não tem confusão, não tem voo lotado e preços estão legais”, disse.


Nordeste

Os destinos do Nordeste também estão no centro de algumas ações da companhia este ano. No evento, a CVC anunciou ainda o lançamento do programa “Mais 40”, que vai promover pacotes para acesso a destinos litorâneos menos conhecidos.

A proposta da companhia é disponibilizar ônibus que transportem turistas das capitais para cidades com potencial turístico e que hoje são menos acessíveis.

O projeto começa com o transporte de turistas que viajam a Salvador e Fortaleza para outras cidades do litoral da Bahia e do Ceará. O próximo passo será alcançar cidades do Rio Grande do Norte saindo de Natal.

A companhia anunciou ainda o lançamento de um cartão co-branded com uma instituição financeira, a qual ainda não foi divulgada. Os plásticos começam a ser emitidos ainda neste mês de março. O uso dos cartões permitirá ao consumidor acumular pontos para trocar por viagens.