CVC pode ser vendida a grupo alemão TUI, diz jornal

Maior operadora de agências de viagem brasileira pode ser comprada por empresa alemã. Aproximação entre as duas companhias já aconteceu outras vezes, segundo reportagem

São Paulo – A operadora de turismo CVC pode ser adquirida pelo grupo alemão TUI, segundo reportagem desta quarta-feira (13) no jornal Valor Econômico. De acordo com a texto, a operadora alemã, que arrecada 16 bilhões de euros por ano, se aproximou há dois meses do fundo americano Carlyle, que controla a CVC.

A compra da empresa seria estratégica para a TUI, que poderia ter uma opção em um mercado emergente fora da economia estagnada da Europa. O tamanho da fatia da CVC no mercado de pacotes turísticos do Brasil também teriam atraído os alemães, já que, em outros países emergentes, o cenário é de um mercado muito mais pulverizado entre empresas menores.

Segundo a reportagem, o presidente da CVC, Valter Patriani, disse que pretende que a empresa dobre seu tamanho até 2015, com 800 lojas exclusivas e internacionalização na América Latina. Procurados pela reportagem do Valor, o presidente do Carlyle no Brasil, Fernando Borges, afirmou que não teria interesse na venda pelo crescimento de 25% da empresa ao ano. Um representante brasileiro da TUI não se pronunciou porque está em férias.