CSN vai vender R$2 bi a R$3 bi em ativos em 2018, diz presidente

Benjamin Steinbruch afirmou que vai aproveitar o momento de melhora de seus indicadores operacionais

São Paulo – O presidente-executivo da CSN, Benjamin Steinbruch, afirmou nesta terça-feira que a companhia vai realizar em 2018 vendas de ativos de 2 bilhões a 3 bilhões de reais, aproveitando o momento de melhora de seus indicadores operacionais.

“A desalavancagem vai sair este ano, por uma questão de convergir com o melhor resultado operacional nosso”, disse Steinbruch a analistas, durante teleconferência sobre os resultados de quarto trimestre divulgados pela CSN na noite da véspera.

“Vocês podem aguardar em 2018 desalavancagem de 2 bilhões, 3 bilhões de reais em termos de vendas de ativos”, disse Steinbruch, acrescentando que a CSN deverá entregar este ano aumento de 20 por cento na receita e crescimento na margem de lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda).