CSN quer incorporar ativos da Inal Nordeste

Estratégia tem como objetivo gerar benefícios administrativos e econômicos para a companhia

São Paulo – A CSN quer incorporar os ativos da sua controlada Inal Nordeste, segundo comunicado divulgado pela companhia, nesta quinta-feira (12/5). A estratégia tem como objetivo gerar benefícios administrativos e econômicos para a companhia.

De acordo com comunicado, a incorporação permitirá a racionalização e unificação das atividades atualmente exercidas pelas companhias, resultando na simplificação operacional, redução de custos e gastos.

A tática depende agora da aprovação da Assembléia Geral Extraordinária da CSN, que acontecerá no final deste mês. O valor da incorporação está avaliado em 55.000 reais. O gasto que será assumido pela CSN.