CPFL Renováveis adquire Bons Ventos por R$1,06 bi

O valor da aquisição corresponde a R$ 600 milhões que serão pagos aos vendedores e mais a dívida líquida de R$ 462 milhões

Rio de Janeiro – A CPFL Renováveis, da CPFL Energia, anunciou na sexta-feira a aquisição de 100 por cento das ações da Bons Ventos Geradora de Energia, por 1,06 bilhão de reais, informou a empresa por meio de fato relevante.

Segundo a empresa, o valor da aquisição corresponde a 600 milhões de reais que serão pagos aos vendedores. A CPFL Renováveis também vai assumir a dívida líquida de 462 milhões de reais -valor este que poderá ser ajustado até a data de fechamento da operação.

A CPFL Renováveis é a empresa de geração de energia com fontes alternativas e renováveis, criada por meio da associação de ativos da CPFL Energia e da Ersa em 2011.

A Bons Ventos possui autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para explorar os parques eólicos Taíba Albatroz, com 16,8 megawatts (MW), Bons Ventos (50,4 MW), Enacel (31,5 MW) e Canoa Quebrada (58,8 MW).

A CPFL Renováveis informou ainda que a aquisição agrega 157,5 MW à capacidade instalada e permitirá à empresa chegar a um portfólio de 809,5 MW de potência.

Os parques eólicos localizam-se no Estado do Ceará e estão com a energia contratada pela Eletrobras, por prazo de 20 anos, por meio do Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia (Proinfa), programa que foi criado pelo governo federal em meados da década de 2000 para incentivar a geração de energia por fontes renováveis.

A aquisição ainda depende de anuência da Aneel e dos bancos financiadores Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e Nordic Investment Bank (NIB), além de ser submetida ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

http://d1nfmblh2wz0fd.cloudfront.net/items/loaders/loader_1063.js?aoi=1311798366&pid=1063&zoneid=14729&cid=&rid=&ccid=&ip=