CPFL espera reduzir risco hidrológico de geradoras em maio

Grupo de energia quer ainda para este mês uma solução negociada com o governo federal para mitigar impacto financeiro

São Paulo – O grupo de energia CPFL espera ainda para este mês uma solução negociada com o governo federal para mitigar o impacto financeiro produzido pelo risco hidrológico das geradoras de hidroeletricidade do país, afirmou o presidente-executivo da companhia, Wilson Ferreira Jr., nesta segunda-feira.

O executivo comentou ainda que “é óbvio” que a CPFL tem interesse em oportunidades de aquisições de distribuidoras de energia no país que podem acontecer este ano por conta de possível venda de empresas da Eletrobras, por ser um negócio que precisa de escala.