Coteminas desativa fábricas para investir no setor imobiliário

Empresa da família de José Alencar planeja construir hotel e shopping em terreno de 885.000 m², afirma jornal Folha de S.Paulo

São Paulo – As dificuldades enfrentadas pelo setor têxtil no país têm feito a Coteminas, tradicional empresa deste mercado, que pertence a família de José Alencar, repensar suas estratégias de negócios.

De acordo com informações da Folha de S. Paulo, desta quarta-feira, a Coteminas está desativando duas fábricas no Rio Grande do Norte para investir no ramo imobiliário.

No terreno, de 885.000 metros quadrados, onde as unidades fabris estão localizadas, será construído um complexo imobiliário, com residências, escritórios, shopping, hotel e centro de convenções.

O empreendimento está orçado em 1 bilhão de reais. “A expectativa é que tudo esteja concluído em cinco anos”, afirmou Josué Gomes da Silva, presidente da Coteminas e filho de José Alencar, ao jornal.

Apesar da nova aposta, Silva disse ainda que não está abandonado o setor têxtil, mas admite que perdeu imprtância relativa na economia.