Coreia do Sul lidera pelo quinto ano ranking de inovação

Estados Unidos fica de fora dos dez melhores e hegemonia se concentra entre Ásia e Europa

A agência de notícias Bloomberg divulgou na semana passada o ranking de inovação mundial, e apontou para a perda da hegemonia americana na área de tecnologia. Pela primeira vez em seis anos, o país deixou o ranking dos dez mais, e ocupou o 11º. Com isso, o Vale do Silício deixou, pelo menos neste ano, de ser o centro das atenções tecnológicas.

A Coreia do Sul conquistou o primeiro lugar pelo quinto ano consecutivo. O prêmio veio graças as novas aquisições de patentes pela empresa de tecnologia coreana Samsung. A companhia recebeu mais patentes nos últimos 18 anos do que qualquer outra companhia mundial. Além disso, a empresa conquistou o pódio porque tem investido em criar um ecossistema tecnológico, com a criação de empresas de semicondutores, smartphones e mídia digital.

Mesmo fora do top 10, alguns países também subiram no ranking. A China, por exemplo, ficou em 19º lugar, após investir em universidades e  em pesquisas na área tecnológica. Por não ter se encaixado nos sete quesitos do ranking, o Brasil não está nem entre os 80 melhores países. Confira abaixo os dez países mais bem colocados: