Controle da Cemar muda oficialmente

A transferência do controle societário da Companhia Energética do Maranhão (Cemar) deverá ser formalizada nesta segunda-feira (29/3) de acordo com o prazo estabelecido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A agência aprovou, na semana passada, a nova estrutura societária da concessionária maranhense, que passa a ser controlada pelo GP Investimentos, por meio da SVM.

A controladora direta da Cemar continuará sendo a Brisk Participações, da americana Pensylvania Power & Light Global (PPL). O GP assume o controle da Brisk.

A PPL também transferiu a totalidade das ações de suas outras subsidiárias para o grupo GP Investimentos. Principal credora da concessionária, a Eletrobrás ficará com 40% do capital social da Cemar, mediante a incorporação de créditos de 148,51 milhões de reais. Ainda está previsto um aumento de capital da concessionária no valor de 30 milhões pelos novos controladores.

A Cemar está sob intervenção da Aneel desde 21 de agosto de 2002. A proposta da SVM para solução da situação financeira da Cemar foi aprovada pela agência no início de fevereiro. A decisão da Aneel foi baseada na aprovação dos credores das condições apresentadas pela SVM para o equacionamento das dívidas da distribuidora maranhense.

Com informações do boletim Infoenergia