Continental Grain venderá participação na Smithfield Foods

Maior acionista da produtora de carne suína deverá vender suas ações, evitando assim uma iminente batalha após chinesa Shuanghui anunciar a compra da companhia

A Continental Grain Co, maior acionista da Smithfield Foods Inc, disse nesta segunda-feira que irá vender todas suas ações na maior produtora mundial de carne suína, evitando uma iminente batalha entre acionistas, após a chinesa Shuanghui International Holdings anunciar a compra da Smithfield em um acordo de bilhões de dólares.

A Continental foi originalmente formada em 1813 como uma trading de grãos em Arlon, na Bélgica. Sua família fundadora se mudou para os Estados Unidos após a 2a Guerra Mundial. Ela detinha uma participação de 5,84 por cento da Smithfield em 25 de abril, segundo dados da Reuters.

A Continental enviou uma carta à Smithfield em março pedindo uma divisão na empresa e se aproximou de uma batalha entre acionistas contra a produtora de carne suína após entrar com uma ação perante os reguladores do mercado acionário dos EUA em abril. A Continental havia dito que iria buscar o apoio de acionistas para um plano de recuperação para a Smithfield, que incluiria a divisão da produtora de carne suína em três empresas.

A Shuanghui International Holdings disse na semana passada que compraria a Smithfield Foods por 4,7 bilhões de dólares.

“Em vista da transação anunciada, nós resolvemos desistir de nossa posição de proprietários de longo prazo da Smithfield, pois nós estamos satisfeitos com o retorno de nosso investimento”, disse o diretor executivo da Continental, Paul Fribourg, em um comunicado.