Conselho da Disney quer novo CEO em junho

Busca de sucessor de Eisner deve começar imediatamente, o que pode antecipar a saída do executivo, programada por ele mesmo para ocorrer somente em 2006

O conselho de administração do grupo Disney decidiu contratar o mais cedo possível uma empresa especializada para procurar um sucessor para Michael Eisner. A idéia é que o novo executivo-chefe (CEO, da sigla em inglês) seja escolhido em junho do ano que vem. Em reunião no dia 21, o conselho considerou o atual presidente da Disney (a principal empresa do grupo), Robert Iger, um candidato “altamente qualificado”, que será considerado para o cargo mas junto com executivos do mercado.

Se o candidato for escolhido em junho, Eisner deverá deixar a empresa antes de setembro de 2006, prazo que ele mesmo estipulou para sua saída. Esta é a data em que se encerra o atual contrato de Eisner, que está na Disney há 20 anos.

Eisner anunciou, em 9/9, que não pretende concorrer ao cargo de presidente do conselho, posto que ele ocupava junto com o de executivo-chefe até março, quando recebeu uma moção de desconfiança de 43% dos acionistas. O anúncio deu mais tranqüilidade ao processo sucessório, por indicar que Eisner não buscará manter sua influência na companhia.