Compra total da Suzuki pela Volkswagen é tida como improvável

Parceira entre as montadoras acabou depois de uma série de desentendimentos

Frankfurt – A aquisição total da Suzuki pela Volkswagen é tida como improvável depois de as companhias terem encerrado uma parceria de dois anos marcada por desacordos.

A revista alemã Der Spiegel cita, sem dar nomes, um alto funcionário da Volkswagen que não exclui a compra total, depois de o desentendimento entre as companhias ter chegado a uma situação limite.

“Antes de mais nada, Osamu Suzuki não venderia. A Volkswagen não teria condições de comprar toda a Suzuki contra a vontade dele”, afirmou o analista Daniel Schwarz, do Commerzbank, em referência ao presidente do conselho e presidente-executivo da companhia japonesa.

A Suzuki anunciou na semana passada que gostaria de acabar com a aliança depois de a montadora alemã tê-la acusado de violar o acordo por comprar motores a diesel da Fiat.

“Acho bem improvável que a Volkswagen faça uma oferta hostil pela Suzuki”, afirmou o analista Christian Breitsprecher, da Macquarie Research.