Com novos negócios, Grupo Boticário cresce 9% no ano

Com mais de 3.750 lojas da marca O Boticário no país, grupo busca novos negócios para expandir sua atuação e suas receitas

Aquisições, novas marcas e abertura e reformas de lojas impulsionaram os resultados do Grupo Boticário, que cresceu 9% em 2019, para uma receita bruta de 14,9 bilhões de reais. Com a inclusão de Beleza na Web, comércio eletrônico adquirido no ano passado, o faturamento foi de 15,3 bilhões de reais, alta de 11,5%. No ano anterior, o faturamento havia sido de 13,2 bilhões de reais, alta de 7%.

Parte relevante do crescimento veio dos novos negócios. A empresa comprou, em 2018, a marca Vult, e passou a ter acesso a 35 mil pontos de venda multimarcas. Em 2019 adquiriu o comércio eletrônico Beleza na Web. No ano passado, lançou ainda a marca Eume, de produtos para cabelo, para fortalecer sua presença no segmento.

Em relação às tradicionais lojas da marca O Boticário, o grupo está investindo em reformas, para torná-las mais atraentes e interativas.
No ano passado, o grupo abriu uma loja conceito em Curitiba e deve abrir mais uma no modelo no bairro de Pinheiros, em São Paulo, este ano. Além disso, investiu 130 milhões de reais no ano passado em reformas de 600 lojas Boticário.

A presença internacional ainda é tímida, principalmente em relação a sua maior concorrente. A Natura, com a aquisição da Avon, se tornou a sétima empresa mais internacional do Brasil, com presença em 100 países, faturamento conjunto de mais de 10,9 bilhões de dólares e mais de 6,3 milhões de consultoras ou representantes. É o quarto maior grupo de beleza do mundo, atrás da L’Oréal, Estée Lauder e Shiseido.

Já o Boticário está em 15 países. A maior presença é em Portugal, onde atua com as marcas Quem Disse Berenice? e O Boticário. O grupo também abriu sua terceira loja em Dubai, abriu a venda direta na Colômbia e abriu duas lojas na Bolívia no ano passado.

Este ano, o grupo comemora dez anos de existência e 43 anos de marca O Boticário. Nesse período, passou de uma empresa monomarca para atuar em diversas frentes e canais, com lojas físicas próprias e franquias, venda direta, comércio eletrônico e distribuição em pontos de venda multimarcas.
“Nesses dez anos de grupo, muita coisa mudou e nossa cobertura, de apenas uma marca, chegou a diversas marcas e canais”, disse Artur Grynbaum, presidente do grupo, em coletiva de imprensa.

São mais de 4 mil lojas, a maioria da marca O Boticário. Há ainda 240 unidades Quem Disse Berenice?, 40 Beauty Box e oito da marca Eudora, que até recentemente atuava apenas em venda direta. A empresa possui ainda duas fábricas, que produziram 435 milhões de itens em 2019, e seis centros de distribuição.