Com foco em turismo corporativo, grupo cresce 15% no 1º trimestre

Durante a crise, empresas deixaram de enviar seus funcionários para reuniões em outras cidades, mas a situação já está mudando no grupo Flytour

São Paulo – Segundo maior operador de turismo do país e líder no segmento corporativo, o Grupo Flytour registrou crescimento de 15% no primeiro trimestre de 2018, na comparação com o mesmo período do ano anterior.

A holding detém 10 empresas diferentes e atua com lazer, viagens para empresas, eventos, passeios de incentivo, entre outros. No trimestre, o destaque vai para as divisões corporativas, como Flytour Business Travel, Flytour Eventos e Flytour Franchising (Corporativo), que juntas alcançaram crescimento de 12,8% no período.

No mercado de viagens corporativas, ela tem mais de 9 mil clientes e oferece soluções para cerca de 5 mil agências de viagens.

Os números foram passados com exclusividade para o site EXAME.

Durante a crise, empresas deixaram de enviar seus funcionários para reuniões em outras cidades ou países e muitos trocaram o contato pessoal por conversas por teleconferência, como forma de economizar. Essa mudança de comportamento impactou bastante o segmento de viagens corporativo, do qual a Flytour faz parte. No entanto, o segmento já está se recuperando. Em 2017, o grupo fechou vendas de 5,5 bilhões de reais, crescimento de 11%.

As consolidadoras Flytour Gapnet e a Chanteclair tiveram evolução de 19,7% no trimestre. Elas disponibilizam em seus sistemas passagens de mais de 60 companhias aéreas nacionais e internacionais para 6 mil agências de viagens de todo o Brasil. O crescimento é alto, mas o faturamento dessas companhias ainda é menor do que o segmento corporativo dentro do grupo.

Além da retomada do mercado, o crescimento da companhia no início do ano também está relacionado ao investimento em tecnologia. Para o CEO do Grupo Flytour, Christiano Oliveira, “nosso crescimento está diretamente ligado à transformação digital, com plataformas mais completas e dinâmicas”.

Em 2017, o grupo fez investimentos de 32 milhões de reais em tecnologia para aumentar a eficiência operacional da empresa. Também treinou cerca de 21 mil pessoas no ano, entre colaboradores, parceiros e agentes de viagens. A expectativa para 2018 é repetir o investimento em tecnologia e formação.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s