Após Brumadinho, produção de minério de ferro da Vale cai 21,5% em 2019

Mineradora informou que seu resultado do 4º trimestre trará ajustes que elevarão em US$ 671 mi as atuais provisões para descaracterização de barragens

Rio de Janeiro – A produção de minério de ferro da Vale em 2019 somou 301,97 milhões de toneladas, queda de 21,5% ante 2018, em meio a paradas de produção devido ao rompimento de barragem em Brumadinho (MG) no início do ano passado, informou a companhia nesta terça-feira em relatório de produção.

As vendas de minério de ferro no período foram de 269,3 milhões de toneladas, com queda de 12,8% na comparação anual.

No quarto trimestre, a mineradora produziu 78,344 milhões de toneladas de minério de ferro, recuo de 22,4% ante o mesmo período de 2018.

Barragens

A mineradora Vale informou que seu resultado do quarto trimestre de 2019 trará ajustes que elevarão em 671 milhões de dólares as atuais provisões para descaracterização de barragens da companhia, segundo fato relevante nesta terça-feira.

O valor inclui provisão de 716 milhões de dólares para plano de descaracterização das barragens Doutor e Campo Grande e de três estruturas de empilhamento drenados e uma provisão adicional de 315 milhões de dólares referentes à descaracterização de algumas barragens com diques menores.

Os valores também incluem outros 87 milhões de dólares em outros ajustes de provisão e uma redução de 447 milhões de dólares na provisão para descaracterização de nove barragens a montante, após o progresso das obras fornecer informações mais precisas, acrescentou a companhia.