Coca-Cola abre fábrica em Mianmar

A gigante norte-americana retornou a Mianmar no ano passado, quando voltar a oferecer o refrigerante depois de um período de seis décadas

Yangon – A Coca-Cola começou oficialmente a engarrafar seu famoso refrigerante em Mianmar nesta terça-feira, marcando o retorno ao país, anteriormente governado por uma junta militar, com uma promessa de investimentos de U$200 milhões e de milhares de empregos.

A gigante norte-americana, uma das marcas mais conhecidas do mundo, retornou a Mianmar no ano passado, quando voltar a oferecer o refrigerante depois de um período de seis décadas.

Ao inaugurar a primeira fábrica no subúrbio de Yangon, a empresa disse que investirá U$200 milhões nos próximos cinco anos, criando 2.500 empregos diretos e mais de 20 mil em toda a cadeia de fornecimento.

“Estamos felizes de ser parte desta ocasião histórica, ao voltar a produzir Coca-cola neste bonito país depois de mais de 60 anos,” disse Muhtar Kent, diretor executivo da Coca-Cola.