Citigroup corta projeção para crescimento de 2,7% para 2,6%

O ritmo da desaceleração é o mais forte desde 2011, enquanto o crescimento nos mercados emergentes em 2015 e 2016 deve ser o mais fraco desde o fim dos anos 90

Nova York – O Citigroup adotou um tom mais pessimista sobre o crescimento global, destacando os riscos maiores vindos da China. O banco cortou sua projeção para crescimento no mundo para 2015 de 2,7% para 2,6%. Para 2016, a redução na expectativa foi de 3,1% anteriormente para 2,9% agora.

Mesmo com esses cortes, o Citi disse que os riscos provavelmente permanecem sendo de mais baixa no crescimento.

O banco acrescentou que o ritmo da desaceleração é a mais forte desde 2011, enquanto o crescimento nos mercados emergentes em 2015 e 2016 deve ser o mais fraco desde o fim dos anos 1990.

Isso não deve, porém, como daquela vez, resultar em um gráfico de crescimento em forma de “V” nas economias avançadas, aponta o banco.