Chinesa CNOOC quer expandir produção no Brasil e avalia leilão do pré-sal

A petroleira chinesa avalia participar de rodada de licitação de áreas de petróleo e gás do Brasil

Rio de Janeiro — A petroleira chinesa CNOOC quer expandir a produção no Brasil e está avaliando participar de rodada de licitação de áreas de petróleo e gás do Brasil, prevista para este ano, disse o presidente da unidade brasileira da companhia, Sheng Jianbo.

Além do leilão de petróleo no pré-sal, em 7 de novembro, o Brasil prevê realizar uma outra rodada de venda de campos na importante região produtora, dos excedentes da área da cessão onerosa, marcada para 28 de outubro.

A CNOOC, que já é parceira da Petrobras na mega área de Libra, avalia que esse projeto no pré-sal da Bacia de Santos está progredindo bem, com o Teste de Longa Duração produzindo 58 mil barris de óleo equivalente ao dia, disse Jianbo.

Ele disse também que a empresa busca parceiro para Bloco-592, no Espírito Santo.