China pede explicações a EUA e Canadá por detenção de diretora da Huawei

CFO da Huawei foi presa por suspeita de violar sanções dos EUA ao Irã. Evento pode desequilibrar trégua comercial China-EUA

A China pediu nesta quinta-feira explicações a Washington e Otawa pela detenção no Canadá da diretora financeira e filha do fundador do grupo de telecomunicações Huawei a pedido dos Estados Unidos.

“Exigimos às duas partes que nos esclareçam o mais rapidamente possível o motivo da detenção”, afirmou Geng Shuang, porta-voz do ministério chinês das Relações Exteriores, que pediu a libertação “imediata” de Meng Wanzhou.