Chelsea faturou quase € 60 mi na Liga dos Campeões

Em seguida veio o vice-campeão do torneio, o Bayern de Munique, com cerca de 41 milhões de euros (aproximadamente R$ 104 milhões) de receita

Madri – O Chelsea, foi o clube que mais faturou na última edição da Liga dos Campeões da Europa, terminando a competição, pouco mais de 59 milhões de euros (mais de R$ 147 milhões) entrando em seus cofres, após conquistar o título continental.

Em seguida veio o vice-campeão do torneio, o Bayern de Munique, com cerca de 41 milhões de euros (aproximadamente R$ 104 milhões) de receita. Logo atrás, ficaram Barcelona, com mais de 40 milhões de euros (cerca de R$ 101 milhões), e Real Madrid, com cerca de 38 milhões de euros (mais de R$ 95 milhões).

Os valores do Chelsea são divididos pela sua participação no torneio (29,9 milhões de euros), pelos direitos televisivos (30 milhões de euros) e pelo título (9 milhões de euros).

No total, 754,1 milhões de euros (mais de R$ 1,8 bilhão) foram distribuídos pela Uefa entre os 32 participantes da fase de grupos da competição continental. Deste valor, 413 milhões euros foram repassados pelas suas atuações e outros 341,1 pela venda dos direitos de TV.