Cesp estuda PDV a funcionários que se aposentarão em 2015

O investimento estimado pela companhia neste plano seria de R$ 30 milhões

São Paulo – A Cesp deverá iniciar em janeiro de 2015 um novo plano de demissões voluntárias (PDV) com foco em 230 funcionários com data para se aposentarem entre janeiro e julho.

O investimento estimado pela companhia neste plano seria de R$ 30 milhões, segundo o diretor financeiro e de Relações com Investidores, Almir Martins. “Provavelmente faremos algum programa de incentivo”, disse.

O programa é considerado uma extensão de outro programa de demissão incentivada em custo dentro da companhia ao longo dos últimos anos. Desde 2010, segundo Almir, o número de funcionários foi reduzido de 1.400 para 900 pessoas.

A redução do quadro de funcionários é considerada fundamental em função do fim das concessões de usinas operadas pela estatal paulista, casos das unidades de Três Irmãos, Jupiá e Ilha Solteira. Juntas, as três usinas representam um terço da antiga capacidade instalada da Cesp.