CESP diz que vai recorrer de multa imposta pela Aneel

A multa foi aplicada pela Superintendência de Fiscalização do Serviço de Geração (SFCG) da Aneel em razão da redução em um terço da vazão da Usina de Jaguari

Brasília – A Companhia Energética de São Paulo (CESP) informou nesta sexta-feira, 03, por meio de sua assessoria de imprensa, quer irá recorrer da decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que multou a empresa nesta semana em R$ 5,3 milhões.

“A CESP foi notificada e irá recorrer da multa de R$ 5,386 dentro do prazo de 10 dias. A CESP entende que não adotou nenhum procedimento incorreto na operação da Usina Jaguari”, diz a nota enviada pela assessoria.

A multa foi aplicada pela Superintendência de Fiscalização do Serviço de Geração (SFCG) da Aneel em razão da redução em um terço da vazão da Usina de Jaguari, na bacia do Paraíba do Sul.

Essa redução foi feita no início de agosto e levou o Ministério de Minas e Energia a cogitar intervenção federal na CESP.

No entanto, em 18 de agosto, os governos de São Paulo e do Rio de Janeiro selaram um acordo pelo qual a companhia paulista aumentaria a vazão da usina. No entanto, a multa foi nesta semana aplicada.

Atualizado às 17h57.